A quarta-feira é de cinzas, mas o momento é de comemoração

Print Friendly, PDF & Email

MCTI publica Regimento Interno do Instituto Nacional da Mata Atlântica – INMA

O Diário Oficial da União desta quarta-feira publicou o Regimento Interno do Instituto Nacional da Mata Atlântica – INMA, que vínhamos reivindicando desde o ano passado.

Com a publicação, completa-se o processo de regulamentação do Instituto, definindo sua missão, atribuições e estrutura administrativa.

Dentre outras coisas, o Regimento prevê a constituição de um Comitê de Busca para a seleção pública de Diretor, bem como do Conselho Técnico-Científico, órgão de assessoramento da Direção.

Além disso, o Regimento define o Museu de Biologia Prof. Mello Leitão como uma unidade do INMA, preservando o seu nome, história e missão. A quarta-feira é de cinzas, mas o momento é de comemoração.

Coordenação do Movimento em Defesa do INMA – MoveINMA

RI_INMA

4 ideias sobre “A quarta-feira é de cinzas, mas o momento é de comemoração

    • Prezado Evandro

      O MBML sempre esteve vinculado a algum Instituto desde que passou para a esfera federal.
      Quando estaca no Ministério da Cultura, estaca vinculado ao IPHAN e posteriormente ao IBRAM. Nestes Institutos o MBML foi perdendo seus quadros por afastamento, transferência e aposentadoria sem que jamais tivesse um quadro reposto.

      Agora no MCTI, o MBML vai estar vinculado ao INMA. A grande vantagem é que ele é um único Museu vinculado a uma estrutura que será criada no próprio espaço do Museu.

      Agora é lutar para que venha um Diretor para o INMA com capacidade de gestão e captação de recursos.

      atenciosamente,

      Coordenação do MoveINMA

  1. Prezado Renato e demais.
    Não precisamos reiterar que esta luta só está sendo vitoriosa pelo apoio decisivo de vocês. Vamos nos manter unidos e fortes pois ainda temos as etapas mais difíceis.
    Consolidar um Instituto, que de fato contribua para a uma Mata Atlântica, que abrigue pessoas e mantenha sua diversidade. Em que as pessoa se sintam como natureza e não apenas parte dela, ou pior, acima dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *