BOLETIM INFORMATIVO 17/2006

Enviado em Boletim de Editor | 30 de Agosto de 2006 @ 09:34

Logotipo

NOSSA SEDE

Nossos amigos são muito especiais, esperamos que em breve eles estejam fazendo parte de nosso grupo de sócios. Conforme combinado o Marquinhos já estava lá na segunda-feira desenhando nosso logotipo.


Logotipo na parede frontal


Clique aqui para ver mais fotos

Renata nos entregou o projeto. Belíssimo. E a relação de material necessário



Croquis para montagem interna


Os amigos Ivan e Rosângela da Pousada Urupê trouxeram o material e cederam um dia de trabalho do marceneiro que está trabalhando para ele, para que possa nos auxiliar na montagem

Material:
9 tábuas de 1,50m x 0,30m + 6 tábuas de 1,20m x 0,30m + 2 tábuas de 1,00m x 0,30m = 137,70
5 caibros de 0,90m = 10,39
1 caibro de 0,40m = 0,95
9m de ripa = 7,20
4 cantoneras = 14,00
1 cola de 500g = 7,00
Desconto = -10,24
Esteira = 15,00
7 banquinhos = 161,00
2 cadeiras = 130,00
1 tinta acrílica (spray) = 12,90
1 acrifix brilhante = 2,70
Total = 488,60

Itens para doação:
Para concluir a decoração de nossa sede a Renata relacionou os seguintes itens:
1. Um tapete para entrada
2. um vaso de planta (doado)
3. um cabideiro (doado pela Thais)
4. um quadro (doado pela Renata)
5. um filtro grande (doado)
6. oito copos (doado)
7. uma garrafa de café (doado)
8. seis xícaras (doado)
9. um açucareiro (doado)
10. uma moringa (doado por Ronaldo)

Quem desejar doar algum destes itens poderá redigir um comentário. As entregas poderão ser feitas na sede ou a própria Renata. Para maiores esclarecimentos entrar em contato com a Renata (73)3573-1224.

Na sexta-feira, dia 1, o Emídio e a Renata estarão começando a montagem do projeto interno.

MUSEU DE CUMURUXATIBA

Enviamos nossa proposta sobre o Museu de Cumuraxitba para nossa amiga Helena Ponce Maranhão com grande experiância na área. Ela nos disse que quanto à proposta de revitalização do Museu de Cumuru tem procurado, dentre alguns contatos, noticiar sobre esta intenção de nossa comunidade.

Relata que acabou de chegar do 2° Fórum Nacional de Museus que ocorreu em Ouro Preto-MG e lá participou do Grupo de Trabalho Museus Comunitários e Ecomuseus. Neste Grupo, além de procurar na medida do possível informar sobre a comunidade de Cumuru e seus projetos, buscou também estabelecer contato com a Associação Brasileira de Ecomuseus e Museus Comunitários-ABREMC que estava tendo a sua 1ª Reunião Ordinária.

Em decorrência das tantas discussões travadas - por exemplo, com respeito aos graus de especificidade desses museus que justificassem a formação de uma associação própria - encaminhou ao GT a proposta de um Seminário com vistas ao aprofundamento de tal debate.

No tocante às linhas de apoio financeiro do MINC para área museológica e as oficinas de capacitação para desenvolvimento de propostas museológicas, promovidas pelo IPHAN, segundo ela existem possibilidades, porém, devido ao período eleitoral seria conveniente aguardar o próximo ano.

Ela acredita poder estar conosco, em Cumuruxatiba, antes do final do ano e assim conhecer melhor os projetos da comunidade de Cumuru e o grupo que tem estimulado tais ações. Assim, em conjunto poder vislumbrar mais adequadamente: quais os caminhos e priorizar quais estratégias e ações correspondem mais aos anseios e necessidades comunitárias.

Aguardamos com satisfação a chegada de mais uma amiga para nos ajudar em nossas atividades. E vamos por agora com os recursos que temos construíndo o nosso MUSEU.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Total recebido como doação em dinheiro = R$697,22
Gastos com material de pintura = R$273,00
Gastos com material para mobília e decoração = R$488,60
Saldo= -R$64,38

PROJETO DA APPA

Realizou-se ontem, dia 29, às 19horas na Escola Tiradentes, uma reunião dos pescadores de Cumuruxatiba para assistir a palestra de pesquisadores do projeto APPA.

Na oportunidade a pesquisadora Carolina Viviana Minte-Vera, Doutora vinculada a Universidade Estadual de Maringá no Paraná apresentou o resultado de seus estudos sobre monitoramento pesqueiro

Em seguida a pesquisadora Fernanda Jordão Guimarães, Mestre e Doutoranda da Universidade Estadual Santa Cruz, apresentou informações sobre o projeto em que trabalha “RESEXCOR - Pesca de arrasto de fundo na Reserva Extrativista Marinha de Corumbau: dinâmica populacional do camarão sete barbas, Xiphopenaeus kroyeri (Heller, 1862) e efetividade de dispositivos de redução da fauna acompanhante” sob a orientação da Doutora Erminda da Conceição Guerreiro Couto.

As apresentações foram realizadas em linguagem simples, buscando o entendimento dos pescadores presentes para os diversos gráficos apresentados. As pesquisadoras foram também cuidadosas em verificar seus dados com o conhecimento tracional dos pescadores

O representante de nosso blog a reunião notou alguns aspectos que poderiam ser pensados em próximos encontros.

1. Elaborar uma lista dos presentes ao encontro.
2. Ressaltar com os pescadores que os erros e acertos das medidas propostas depedem fundamentalmente da precisão dos dados fornecidos por eles
3. Uma maior presença nas reuniões de filhos de pescadores, principalmente os em idade escolar. Estes poderiam ser envolvidos no trabalho de coleta dos dados.
4. O projeto da APPA, aparentemente, carece de uma meta jurídica. Ao final da reunião foram ressaltadas várias questões pelos pescadores, demonstrando que eles estão totalmente desamparados do ponto de vista jurídico. Até hoje não receberam o pagamento da compensação pelo período de defeso do camarão do ano passado.

Finalmente queremos parabenizar as pesquisadoras e os pescadores presentes pelo esforço que estão fazendo para serem donos de seus próprios destinos.

BOLETIM INFORMATIVO 16/2006

Enviado em Boletim de Editor | 26 de Agosto de 2006 @ 22:39

Logotipo

PINTURA DA FACHADA DA SEDE

Foi realizado hoje, 26 de Agosto, o Mutirão de Pintura da Fachada de nossa sede.


Material da pintura pronto para ser usado


Nossa sócia Fundadora Suêd Vieira de Souza ofereceu um farto café da manhã antes do início do trabalho e um laudo almoço ao final para todos os participantes.


Café da manhã


Ricardo Belucio explicou aos participantes as técnicas da pintura.


Fábio, Carol, Suêd, Monica, Camila, Luisa, Elismarques, Raiher, Érica, Dani, Rafael Ferreira, Eloisa, Cleonici, Jaqueline, Ronaldo, Rafael Clarindo, Jaine, Sashia, Manoela, Gabriel, Ana Luisa, Ana Paula, Eujácio, Andréia Ramos, Aline, Vazigton, Ricardo Belucio e Fabiana participaram diretamente das atividades do mutirão.


Jovens participaram com entusiasmo.


O pequeno Rafa compenetrado.


Hora do almoço.


Agradecemos de forma especial a Mônica, André, Dalva, Rosângela, padaria do Alexandre, Esther da Pousada É, Ivany da Pousada das Cores, Sheila e Pretinho, Vera e Geraldo, Tininha e Mozinei, Rosa da Asa Branca, Miguel, Itiúba, Lanche 14, Lulu da Pousada Cantoria,Zai, Marcio da Padaria Cumuru, Carlos e Beto do Albatroz, Ricardo e Andréia por terem doado os recursos para a preparação do lanche e do almoço.


Resultado final do primeiro dia.

O segundo dia começou com as cores fortes.


Começamos a transferir o projeto para a parede.


O desnho vai tomando forma


Final do segundo dia


Bem os próximos passos:
1. Faltam uns poucos retoques que serão realizados pelo Ricardo Belucio.
2. O desenho dos logotipos do NEMA que será feito pelo Marquinhos.
3. Na segunda feira, 28 de agosto, a Renata Homem irá nos apresentar o projeto do interior da sede e esperamos realizá-lo durante a semana.
4. Camila ficou de conversar com os companheiros da Patrulha para transformar o entorno da sede em um jardim. Tomara que consiga!
5. Os Patrulheiros vão fazer uma escala de turno para manter a sede funcionando durante o “Cumuru Festival”.

Clique aqui para ver mais fotos

OFICINA DE MEIO AMBIENTE

Realizamos hoje, 26 de agostso, às 15:00hs, na Escola Algeziro Moura a segunda oficina de meio ambiente. Com a presença de camila, Dani, Selma, Alcione, Bia, Juliana, Luisa, Ronaldo e Elismarques foram debatida as metas do projeto APPA e a reformulação do projeto em quatro frentes.

DOAÇÕES

O NEMA recebeu mais duas doações para a montagem de sua Sede. Uma dos amigos Carino e Lúcia (R$100,00) e outra do Grupo da Fátima e Flávio (R$185,00), ambos de Niterói, RJ.

Com estas doações o total recebido chega a R$697,22. Foram gastos R$ 273,00 com o material para a pintura da fachada, restando R$ 424,22 para a mobilía e decoração interna da ONG.

CINEMA NA RUA

Os testes finais foram bem sucedidos. A primeira seção está prevista para às 19 horas do dia 2 de Setembro, sábado na Praça da Matriz. Será exibido o filme “O Auto da Compadecida” do diretor Guel Arraes que apresenta a divertida história de Chicó e João Grilo, uma dupla de nordestinos que se envolve em uma série de aventuras. Com Matheus Natchergaele, Selton Mello, Lima Duarte, Diogo Vilela, Marco Nanini e Denise Fraga. O filme é baseado na peça teatral de Ariano Suassuna. Não deixe de comparecer. Vamos prestigiar esta nova iniciativa em nossa Cumuruxatiba.

PROJETO MANDALLA

Desenvolvido para viabilizar a produção de alimentos de maneira sustentável na região do semi-árido nordestino, o sistema Mandalla não só vem cumprindo o propósito de garantir o sustento das famílias dos pequenos produtores, como ganha adeptos em outras regiões do país

A aplicação e difusão do sistema Mandalla é realizada pela Agência Mandalla DHSA (Desenvolvimento Holístico e Sistêmico Ambiental), uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) criada por Willy Pessoa e por um grupo de jovens universitários em João Pessoa (PB), em 2002, para assegurar o desenvolvimento harmonioso das comunidades e seus habitantes, baseado numa agricultura sustentável e familiar, começando no campo, em pequenas propriedades, e alcançando as cidades, os estados e o país inteiro, assim como uma pedra que, atirada ao lago, forma círculos concêntricos, num movimento crescente e equilibrado.

O NEMA CUMURU está fazendo esforços para trazer o projeto Mandalla para Cumuruxatiba. Os interessados poderão ver mais detalhes em Agricultura Comunitária, em Projeto Mandalla ou entrar em contato conosco

BOLETIM INFORMATIVO 15/2006

Enviado em Boletim de Editor | 20 de Agosto de 2006 @ 19:24

Logotipo

OFICINA DE MEIO AMBIENTE

No sábado 19 de agosto de 2006 às 15:00h realizou-se o na Escola Algeziro Moura a primeira oficina de meio ambiente

Estiveram presentes Alcione, Selma, Adriana, Manoela, Ronaldo, Alice, Juliana, Danieli, Bia, Luisa, Thais, Elismarques e Janini.

Inicialmente a Bia deu uma explicação sobre a Resex e o projeto da APPA. Ressaltando que se tratam que coisas distintas. Em seguida passou-se ao debate do material do primeiro encontro. Os seguintes pontos foram ressaltados:

  • O Projeto da APPA
    1. Sua finalidade
    2. Seus parceiros

  • Gestão participativa
    1. Seu significado.
    2. Só poderá haver uma gestão participativa efetiva se nela estiverem representados todos os grupos sociais presente na região (autores sociais)

  • Projeto auto-sustentavel
    1. Foi ressaltado que para haver “desenvolvimento sustentado” tem que se buscar um novo conceito de desenvolvimento
    2. É necessário que este projeto além de considerar os diversos setores sociais que configuram nossa região, deve considerar as diferenças regionais.

  • Outras observações
    1. Foi manifestado por todos a preocupação de que se discuta muito e faça pouco.
    2. Mas a avaliação final foi de que realmente é necessária um melhor compreensão das diversas questões envolvidas, para que um debate com as comunidades possa ser melhor aproveitado.

  • Nota
    1. Ao final da reunião foi apresentado o Sr. Eurípedes, novo Chefe do Parque Nacional do Descobrimento designado pelo IBAMA. Questionado sobre o plano de manejo do parque ele transmitiu que as informações que possui é de que o processo de elaboração do plano de manejo já se encontra em fase de licitação. Adiantou também que na terça-feira próxima ele estará em Cumuruxatiba em compania do Promotor Público do Prado para uma avaliação das situações que possam se constituir em risco para o meio ambiente.

CINEMA NA RUA

Nossos sócios Ricardo Belucio e Klinger Teodoro estão empenhadíssimos na montagem do projeto “CINEMA NA RUA”. Com este projeto pretendem realizar apresentação pública de filmes em nossa cidade. Assim que tivermos maiores infornações vamos colocar em nosso blog. Estamos torcendo para o êxito do projeto.

PINTURA DA FACHADA DA SEDE

Está confirmado o mutirão para pintura da fachada de nossa sede. Será no sábado 26 de agosto às 8:00hs. Na oportunidade nosso sócio Ricardo Belucio irá orientar o trabalho e ensinar a técnica de passagem do projeto para as paredes. Vamos participar.

A Ceramista Renata Homem vai nos apresentar seu projeto para a montagem interna de nossa sede. Assim que estiver em nossas mãos vamos divulgar no blog.

MAPEAMENTO DE COLETIVOS EDUCADORES

Nossa colaboradora a bióloga e professora Juliana está envolvida neste processo do MMA e ficou de nos manter informados.

BOLETIM INFORMATIVO 14/2006

Enviado em Boletim de Editor | 16 de Agosto de 2006 @ 13:58

Logotipo

OFICINAS DE MEIO AMBIENTE

Sábado - dia 19 - 15 horas - Estaremos realizando nossa primeira oficina de meio ambiente, na Escola Algeziro Moura, no sábado, dia 19 às 15 horas.

Estão todos convidados. O roteiro da oficina pode ser visto clicando em Oficinas na parte superior direita deste blog. Contamos com sua participação

PINTURA DA FACHADA DA SEDE

Material - Nossos sócios Ronaldo e Luisa trouxeram do Rio de Janeiro todo o material necessário para a pintura da fachada de nossa sede.

Custo - O material que aparece em nosso blog 08/2006 e foi orçado em 359,84 foi comprado por 273,00. Foi usado os recursos da doação de 412,22 feita por nossos amigos Flávio e Fátima do Rio de Janeiro. Ficando um saldo de 139,22.

Pintura - Será realizado um mutirão para pintura no sábado 26 de agosto às 8:00hs. Na oportunidade nosso sócio Ricardo Belucio irá orientar o trabalho e ensinar a técnica de passagem do projeto para as paredes. Os que quiserem colaborar compareçam.

MAPEAMENTO DE COLETIVOS EDUCADORES PARA TERRITÓRIOS SUSTENTÁVEIS

Nosso amigo Sávio informa que:

O Ministério do Meio Ambiente através da Secretaria Executiva de Educação Ambiental realiza a Chamada Pública 01/2006/MMA (Mapeamento de Coletivos Educadores para territórios Sustentáveis).

O objetivo da chamada é mapear potenciais Educadores para territórios sustentáveis possibilitando sua inclusão no Cadastro Nacional de Coletivos Educadores em distintas bases do território nacional, podendo viabilizar processos destinados a sua formação e fortalecimento.

Por definição, Coletivos Educadores são grupos de educadores de várias instituições que atuam no campo da educação ambiental, educação popular, ambientalismo e mobilização social. O Coletivo Educador desenvolve processos formativos sincrônicos de educação ambiental e popular destinados a totalidade da base territorial onde atua, procurando atendê-la de forma permanente e continuada.

Esse coletivo Educador deve constituir-se como um grupo de pessoas compartilham suas observações, visões e interpretações da mesma forma que planejam, implementam e avaliam processos de formação de educadores ambientais. Esses processos formativos deverão ser participativos e continuados, envolvendo a comunidade como um todo desde a sua concepção até a implementação e a avaliação.

A meta da seleção é a identificar 300 potenciais Coletivos Educadores, para serem selecionados mediante a demonstração de sua capacidade de articulação institucional, diálogo com as Políticas Públicas do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) e a perspectiva de atuação permanente e continuada numa base territorial pré-definida.

Poderão participar da seleção pública as instituições pertencentes a administração municipal e federal, direta ou indireta, privadas brasileiras , sem fins lucrativas, Redes, movimentos Sociais, Comissões internacionais Estaduais de Educação Ambiental, Consórcios Internacionais, Comitês de bacia, fóruns territoriais de Desenvolvimento Rural Sustentável, Conselhos regionais de Segurança Alimentar, Pólos de Proambiente, Fóruns Territotiais de Desenvolvimento Rural Sustentável, Conselhos Regionais de Segurança Alimentar, Pólos de Proambiente, Fóruns regionais de Agenda 21, entre outros grupos que podem não possuir inscrição no Cadastro Nacional de Pessoal Jurídica.

A data limite para a enviar o projeto é no dia 09/09/2006. A divulgação das Instituições Habilitadas será no dia 21/09/2006 e a publicação do resultado no Diário da União no dia 25/09/2006.

Para obter mais informações consulte o edital acessando o site do Ministério do Meio Ambiente .