BOLETIM INFORMATIVO 35/2007

Enviado em Boletim de Editor | 11 de Junho de 2007 @ 10:38
Logotipo



CONSELHO DELIBERATIVO DO NEMA


O Conselho Deliberativo do NEMA reuniu-se em 19 de maio de 2007 aprovando a admissão de novos associados, em conformidade com o que estabelece o inciso X do artigo 80 do Estatuto do NEMA:
099-Naruan H.S.Pinto
100-Rodrigo da Cruz Marinho
101-Rodinê Santos de Jesus
102-Antônio dos Santos

O Conselho Deliberativo do NEMA reuniu-se em 9 de junho de 2007 para deliberar sobre a carta de nossa Presidente solicitando por motivos particulares seu afastamento do Conselho Deleberativo da Entidade.

Devido a ausência da Bia e da maioria dos Conselheiros, os presentes optaram por decidir apenas sobre o pedido de novas filiações e sobre a proposta de uma data para comemoração do primeiro ano de existência do NEMA.

Foram aprovadas a admissão de novos associados, em conformidade com o que estabelece o inciso X do artigo 80 do Estatuto do NEMA:
103-Juliana Sakagawa Prataviera
104-Helio de Castro Lima Rodrigues

Foi aprovada a data de 30 de Junho de 2007 para a realização das comemorações do 10aniversário do NEMA.

O Grupo de Organização destas comemorações marcou uma reunião para Quarta-Feira (13/06) às 16horas na casa do Ricardo e Andréia. Todos os interessados em participar estão convidados.

A decisão sobre o pedido de nossa Presidente ficou para ser avaliada em uma próxima reunião do Conselho.


Juliana e Hélio apresentam suas propostas de sócios para Dani

Nossas Boas-Vindas para os novos associados, que já participavam a bastante tempo de nossas atividades!


CONGRESSO INDÍGENA


Nossa Diretora Administrativo-finaceira Danieli Marinho Nobre, representou o NEMA-CUMURU no I Congresso Nacional de Educação Superior Indígena, realizado em Porto Seguro - Bahia entre os dias 20 e 22 de março de 2007.


Dani com outros participantes do congresso

Brevemente estaremos apresentando um resumo com as decisões do Congresso.
Foi um grande orgulho para nós termos uma representante neste evento.


CAPOEIRA SUL DA BAHIA e FORRÓXATIBA


Nosso Espaço tem sido ocupado pelos ensaios dos grupos de Capoeira e Forró de nossa comunidade. São grupos que com grande esforço individual vem mantendo acesa as manifestações culturais de nossa comunidade. O NEMA sente-se muito honrado de poder estar colaborando minimamente com este trabalho e esperamos em curto espaço de tempo poder contar com espaços adequados para o desenvolvimento destas e outras formas de expressões de nossa gente.


Grupo ForróXatiba ensaia no Nosso Espaço


Público visita a mostra Kijême Zabelê


Mestre Teta orienta seus alunos



O Projeto Peixes Meninos faz um passeio de bicicleta até a entrada do Parque Nacional do Descobrimento, para que nossos jovens conheçam melhor nossos recursos naturais, principalmente a beleza e riqueza de nossos riachos.


Grupo nos limites do PND


Fábio faz medição de temperatura da água


SEMANA DO MEIO AMBIENTE


Nossa Conselheira, a Professora Adriana, realizou com os alunos da Escola Algeziro Moura, uma peça teatral abordando a preocupação com a poluição e as queimadas, que comprometem a conservação de um meio ambiente favorável à vida humana.

Com grande talento, os jovens usaram material reciclado, para organizar um belo espetáculo de som.


Grupo que apresentou a peça


Platéia atenta ao espetáculo

Seria muito bom contar também com um projeto TEATRO NA RUA, a exemplo do projeto CINE NA RUA que tem sido um importante veículo cultural para a comunidade.

TREZENA de SANTO ANTÔNIO

Como tradicionalmente acontece em Cumuruxatiba, nos treze dias que antecedem o dia de Santo Antônio, grupos da comunidade organizam 13 dias de cultos religiosos e festas no espaço frontal a Matriz da cidade.


Sob olhar divertido do público apresentou-se a Quadrilha de “homens”

PRESTAÇÃO DE CONTAS

No sábado, dia 16 de junho, Esther e Hans estarão organizando na Pousada É um jantar para angariar fundos para o Orfanato do Prado, para o grupo de Bordadeiras da Areia Preta (Elizete - Catamarã) e para o NEMA. Será oferecida uma lazanha. Os participantes deverão levar 2 Kg de alimentos não perecíveis e R$ 10,00. Os interessados podem inscrever-se com a Esther (73)3573-1007.

O Grupo de Poesias da 8a. série da Escola Algeziro Moura,contribuiu com R$29,80 para reposição de materiais (cartuchos e folhas A4) gastos com a impressão de 24 cópias de um livreto de poesias de 14 páginas (frente e verso).

Nosso saldo atual é de R$ -679,21.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.

Está disponível também em nossa Sede, para consulta de nossos associados, o livro de atas das reuniões do Conselho Deliberativo e os textos dos projetos aprovados pelo NEMA

Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(clique aqui).

O NEMA está tramitando neste momento a retirada de seu CNPJ. Recebemos o original do DBE, da Receita, que está com nossa Presidente, para apresentação no Escritório de Itamaraju, da Receita Federal.

Este será um passo importante para nossa Entidade poder pleitar a participação em novos projetos que venham beneficiar a Comunidade.

BOLETIM INFORMATIVO 34/2007

Enviado em Boletim de Editor | 7 de Maio de 2007 @ 11:31
Logotipo


CONSELHO DELIBERATIVO DO NEMA
No sábado, dia 5 de Maio, às 15 horas, o Conselho Deliberativo do NEMA reuniu-se para deliberar sobre a seguinte pauta:


1. Avaliação dos pedidos de novos associados
Conforme o que estabelece o inciso X do artigo 80 do Estatuto do NEMA foram aprovados as solicitações das seguintes pessoas como novos “sócios efetivos” da entidade:
094-Antônio Ferreira da Silva Jr.
095-Leônidas Santana Neves.
096-Helena Severiano Ponce Maranhão.
097-Luiz Fernando Gedhard.
098-Jandersom da Fonseca Neves.
Boas-vindas aos novos associados.

2. Atividades do NEMA
Foram propostas e aprovadas as seguintes resoluções:

RESOLUÇÃO 001/2007
Tendo em vista que:
- existem atividades permanentes do NEMA que necessitam ser administradas;
- o Estatuto é omisso sobre esta questão;
- o inciso XV do art.180 do Estatuto atribui ao Conselho Deliberativo a decisão sobre as questões omissas no Estatuto;
- a ampliação da participação nas ações de direção do NEMA sempre foi um objetivo perseguido pelo Conselho Deliberativo

Resolve-se que caberá ao Conselho Deliberativo:
- definir as atividades permanentes (AP) do NEMA;
- indicar e destituir os responsáveis por cada AP;
- avaliar e aprovar as propostas de ação de cada AP;
- indicar quando da convocação da reuniões do Conselho, se esta será ampliada aos responsáveis pelas APs.

RESOLUÇÃO 002/2007
Com base na Resolução 001/2007 o Conselho Deliberativo resolve instituir as seguintes Atividades Permanentes (AP):
1. Administração da Sede do NEMA. Indicando como responsáveis Alcione Pereira dos Santos Simão e Beatriz de Araújo Brandi.
2. Administração do Nosso Espaço. Indicando como responsáveis Helena Severiano Ponce Maranhão e Angela Darc Pereira.>
3. Administração do Projetor e atividades afins. Indicando como responsáveis Ricardo Belucio Nogueira e Klinger Teodoro de Lima.
4. Administração dos Equipamentos de Informática e atividades afins. Indicando como responsáveis Luiz Fernando Gedhard e Jandersom da Fonseca Neves.
5. Gestão do blog do NEMA e blogs associados. Indicando como responsável Ronaldo Fernando Martins Pinheiro.
6. Contabilidade do NEMA (AP vinculada a Diretoria Administrativo-finaceira). Indicando como responsável Camila Almeida dos Santos.


Conselheiros debatem sobre os temas da pauta

Os participantes decidiram pela necessidade de um tempo maior para avaliar a questão das Praias e a reforma da pracinha, deixando para uma próxima reunião a definição de uma posição oficial do NEMA.

A realização de um Seminário sobre as Unidades de Conservação e a partcipação do NEMA na organização do Festival de Baleias ficou também para ser discutida em uma próxima oportunidade.

A Adriana ficou de apresentar uma proposta na próxima reunião, para ser avaliada pelo NEMA, sobre a utilização dos logotipos da Entidade em camisetas a serem produzidas por ela.


Em sua 8a edição o cinema na rua apresentou o filme Tainá. Antes do filme foi apresentado um curta metragem produzido pelo NEMA com exibição de atividades realizadas no ano anterior. Foram mostrados “A Montagem da Tartaruga”; “Conhecendo as praias” e “Conhecendo os rios” do Projeto Peixes Meninos e “Cenas do Curso de Fotografia” e “Fotos da Exposição” do Projeto Olhar de Cumru. O público como sempre prestigiou comparecendo e aplaudindo as apresentações.


Público atento as aventuras de Tainá.


O êxito do Projeto Cine na Rua deve-se a grande dedicação de seus idealizadores Ricardo e Klinger, a colaboração da Andreia, Paulinho, Gabriel, Onda e Pajé, mas principalmente ao apoio da Comunidade. A iniciativa do Hans e da Ester, da “Pousada É” realizando eventos e conseguindo fundos para a compra de um projetor, foi um forte incentivo para a continuidade e ampliação deste projeto. A utilização deste novo recurso, doado ao NEMA, permite maior flexibilidade e ampliação do Projeto Cine na Rua. E previsível também seu uso em palestras e em projetos educacionais, tanto pelas Escolas como pelas organizações comunitárias. Atento a estas possibilidades o Conselho Deliberativo do Nema criou, como uma de suas Atividades Permanentes (AP), a Administração do Projetor e atividades afins e indicou como responsáveis Ricardo e Klinger. Brevemente eles estarão apresentando uma programação mais ampla para utilização destes novos recursos.


Parte do público que compareceu.


Depois do grande êxito obtido pela mostra Kijême Zabelê que ocupou o Nosso Espaço durante o verão, este vem sendo ocupado por grupos da comunidade. Inicialmente foi o Forró Xatiba grupo musical de jovens de nossa comunidade que solicitou o uso do espaço para seus ensaios. Em seguida foi o grupo de capoeira comandado por Teta e Diferente que solicitaram o espaço para aulas de capoeira. A Capoeira, em Cumuruxatiba, faz um grande trabalho envolvendo pessoas da comunidade de diferentes faixas etárias.


O Nosso Espaço, cedido pelo Sr. Antônio da “Pousada Axé”, é de grande importância para abrigar as diferentes atividades de uma Comunidade tão rica culturalmente e tão pobre em espaços para suas práticas. O Conselho Deliberativo do Nema atento a esta questão, decidiu tornar a Administração do Nosso Espaço uma de suas Atividades Permanentes (AP), indicando como responsáveis Helena e Angela. Caberá a elas, em conjunto com os membros da Comunidade elaborar uma programação de funcionamento e manutenção para este espaço.


Um momento do ensaio do Forró Xatiba.


A sede do NEMA, cedida pela Jalene, falando em nome da Prefeitura do Prado, durante a nossa Assembléia Geral, foi um importante referencial para formação do NEMA. Os trabalhos de mutirão realizado com os jovens para a pintura da parte externa e para a construção da parte interna. A participação de toda a comunidade apoiando esta fase. A organização voluntária dos plantões pelos jovens do NEMA que tornaram a nossa Sede em um ponto saudável de encontro da juventude. Estas foram as ações importantes que permitiram nossa entidade, que completa este mês seu primeiro ano de existência, transformar-se em uma representante confiável de nossa comunidade. Citar aqui todos os que participaram direta e indiretamente neste processo seria um longo trabalho.


Com o objetivo de manter nossa sede como este símbolo vivo que se tornou e ainda dar uma formação melhor aos jovens para estarem preparados para receber os visitantes locais e externos, o Conselho Deliberativo do Nema, decidiu tornar a Administração da Sede uma de suas Atividades Permanentes (AP), indicando como responsáveis as professoras Alcione e Beatriz (Bia). Todos sabem da capacidade das duas e podemos esperar, agora neste segundo ano, um grande salto na qualidade de nosso atendimento aos visitantes.


Bia e Alcione em uma reunião do Conselho

O BLOG

Nosso primeiro blog foi publicado no dia da fundação do NEMA - 26 de Maio de 2006 às 23:00. Vamos completar nosso primeiro aniversário junto com o NEMA. Até o momento foram publicadas 33 edições (esta é a 34). Recebemos 165 comentários de 91 leitores diferentes.

Todos os comentários sempre foram no sentido de nos encorajar e dar apoio. Vamos destacar alguns:

Rosa Penzza disse,
em 4 de Maio de 2007 às 11:57
Olá, ficamos muito feliz de ver essa terra maravilhosa sendo tão bem estruturada. Conheço bem a região e neste momento venho comunicar a vocês que a Fundação Jupara estará a disposição de vocês.
Estou atuando como diretora de projetos, sou diretora executiva do Museu Casa Verde de Itabuna e caso vocês precisem de alguma informação a respeito de elaboração e encaminhamentos de projeto podem contar comigo, falo em meu nome e em nome do presidente da fundação.
ATC/Rosa Penzza
Fundação Jupara

Délia Ladeia disse,
em 24 de Outubro de 2006 às 12:12
Olá pessoal estou sempre navegando no NEMA cumuru e:
Gostaria de saber quando será o evento para homenagem a Zumbi dos palmares que a ACAIC está organizando!
Quanto a Universidade Aberta UAB estamos aguardando passar a fase das eleições. Certamente em novembro o MEC deverá fazer pronunciamento e entraremos em contato com vocês!
Beijos
Délia Ladeia
Técnica da Secretaria de Educação - Itamaraju

Maria das Graças disse,
on 2 de Dezembro de 2006 @ 14:52
Olá, pessoal,
Tenho acompanhando com interesse as atividades do Nema. Parabéns pelo trabalho!
Faço parte da BIBLOS-Sociedade Amigos da Biblioteca Municipal de Rio de Contas, entidade com fins culturais, basicamente, e que, como vocês, luta para melhorar a qualidade de vida da comunidade.
O acesso ao Caixa, na Internet, demonstra que o Nema já pratica a tão desejada transparência no trato do que é de interesse da comunidade e dos colaboradores.
Um forte abraço,
Maria das Graças Sales, de Rio de Contas, Bahia.

Aretuza disse,

on 16 de Janeiro de 2007 @ 18:48
É muito legal ver o resultado do trabalho de vocês. E, com certeza, Dona Zabelê merece a homenagem por toda a sua história de vida. E eu, que pensava que CUMURU não poderia ficar melhor. Teixeira de freitas - BA

Dos 165 recebidos até o momento, estamos destacando estes por questão de espaço. Na verdade todos são tão carinhosos e animadores que transformam nosso prazer em fazer este blog, quase em uma obrigação com leitores tão queridos.

O Conselho Deliberativo do Nema atento a importância do blog no sistema de comunicação da entidade, decidiu tornar a Gestão do blog do NEMA e blogs associados uma de suas Atividades Permanentes (AP), indicando o Ronaldo como responsável por sua gestão. Deverá ser apresentada uma proposta definindo a Equipe dos Editores e os procedimentos adotados em sua realização.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos a doação de R$ 156,00, do Reginaldo da Pizzaria Mistura Boa, que corresponde ao valor das lajotas que havíamos recebido em empréstimo durante as reformas do Museu.
Assim nosso saldo agora é de R$ -709,01.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.
Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(clique aqui).

O Conselho Deliberativo do NEMA atento a importância da transparência em suas contas e ao aumento crescente das atividades de controle dos recursos, decidiu tornar a Contabilidade do NEMA uma de suas Atividades Permanentes (AP), indicando a Camila como responsável por esta atividade. Esta atividade estará diretamente vinculada a Diretoria Administrativo-Financeira.

Após o registro do Núcleo de Estudos do Meio Ambiente - NEMA CUMURU, no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas, estamos providenciando a retirada do CNPJ da entidade. Já foram preenchidos o FCPJ e o QSA e transmitidos para a Receita Federal pela Internet. Recebemos o original do DBE, da Receita, que está agora com nossa Presidente, para apresentação no Escritório de Itamaraju, da Receita Federal. Brevemente estaremos com nosso CNPJ. Um passo importante para nossa Entidade poder pleitear a participação em novos projetos que venham beneficiar a Comunidade.

BOLETIM INFORMATIVO 33/2007

Enviado em Boletim de Editor | 28 de Abril de 2007 @ 15:36

Logotipo

EDIÇÃO ESPECIAL

INTRODUÇÃO

Em reunião da Comunidade de Cumuruxatiba realizada em 27 de abril de 2007, foi manifestada a preocupação com o processo atual de ocupação de algumas das praias de nosso Distrito.


Encontro da comunidade

As praias de Cumuruxatiba, além de servirem a nossa população, têm um papel decisivo em nossa economia, pois se constituem em um dos principais atrativos de turistas que movimentam e garantem o funcionamento dos comércios e dos empregos gerados por ele.

O NEMA CUMURU foi constituído com a finalidade de defesa do meio ambiente, principalmente em nosso Distrito. Assim sendo, devemos tomar uma posição em relação a esta questão.

A finalidade deste BLOG ESPECIAL é colocar esta questão em discussão e permitir a opinião de nossos leitores para que possamos posteriormente assumir uma postura que represente o entendimento coletivo da questão.

AS PRAIAS

Praia do Moreira


Praia do Moreira


Praia do Moreira

Uma praia onde a natureza foi generosa em belezas naturais. A praia é mansa, de águas mornas e, na maré baixa, aparecem grandes piscinas naturais nos arrecifes, povoados de peixes multicoloridos. Contornada por falésias e por coqueiros, é adequada para banho durante todas as marés. As colorações variadas de suas areias, e o barro de suas falésias acabam por produzir um cenário paradisíaco aos que tem a felicidade de conviver com ela e aos visitantes sempre bem recebidos.

Barra do Cahy


Barra do Cahy


Barra do Cahy


Barra do Cahy

A barra do Rio Cahy destaca-se não só pela fantástica beleza cênica, mas também pelo seu grande valor histórico. Foi na barra do Rio Cahy que se deu o primeiro contato entre os descobridores portugueses e os índios brasileiros. Conservou-se durante todos estes longos anos como ponto de travessia dos Pataxó que se dirigem a Aldeia Mãe de Barra Velha.

Praia do Imbassuaba


Praia do Imbassuaba

A 7 km da Vila de Cumuruxatiba, há uma enseada, cercada de coqueiros e amendoeiras, com ondas fracas e, como é comum na região, o pequeno riacho para combinar banhos de água doce e água salgada. Este pequeno riacho é o Rio Imbassuaba, quase totalmente preservado dentro da área do Parque Nacional do Descobrimento e que consegue conservar até hoje pelo menos uma espécie de peixe incluída na lista do IBAMA como ameaçada de extinção. Até a sua proximidade o acesso pode ser feito de carro por estradas de fazenda. Seu acesso no trecho é feito por uma fazenda, onde foi demarcado um caminho para a passagem dos visitantes.

A LEGISLAÇÂO

Constituição Federal

As praias marítimas são consideradas bens da União, conforme o inciso IV do artigo 20 (Título III-Capítulo II) da Constituição Federal. Esta atribuição foi mantida pela Emenda Constitucional n° 46 que alterou este inciso.

Lei Federal

A Lei n° 7.661, de 16 de maio de 1988, que instituiu o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro, reafirmou em seu artigo 10° que: “As praias são bens públicos de uso comum do povo, sendo assegurado, sempre, livre e franco acesso a elas e ao mar, em qualquer direção e sentido, ressalvados os trechos considerados de interesse de segurança nacional ou incluídos em áreas protegidas por legislação específica”.

§ 1° - Não será permitida a urbanização ou qualquer forma de utilização do solo na Zona Costeira que impeça ou dificulte o acesso assegurado no caput deste artigo.

Constituição Estadual

A Constituição da Bahia, em seu artigo 214° obriga o Estado e Municípios, através de seus órgãos da Administração direta e indireta, a entre outras coisas: “garantir o amplo acesso da comunidade às informações sobre as fontes e causas da poluição e degradação ambiental…”, e “garantir livre acesso às praias, proibindo-se qualquer construção particular, inclusive muros, em faixa de, no mínimo, sessenta metros, contados a partir da linha da preamar máxima” (inciso IX). O artigo 215 estabelece como “de preservação permanente”, entre outras: os manguezais, as áreas estuarinas, os recifes de corais, as dunas e restingas e as matas ciliares.

Ministério Público

O Ministério Público define-se como órgão constitucional autônomo, inserido entre as funções essenciais à prestação jurisdicional, incumbido de zelar pela defesa da ordem jurídica, dos interesses sociais e individuais indisponíveis e do próprio regime democrático.

IBAMA

Conforme a portaria nº 230, de 14 de maio de 2002, em seu artigo 2º, cabe ao IBAMA, de acordo com as diretrizes fixadas pelo Ministério do Meio Ambiente, desenvolver as seguintes ações federais: “licenciamento ambiental de atividades, empreendimentos, produtos e processos considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como daqueles capazes de causar degradação ambiental, nos termos da legislação em vigor” (Inciso IV)

RESEX

O Decreto do Presidente da República de 21 de Setembro de 2000 cria a Reserva Extrativista do Corumbau e a declara de interesse ecológico e social. A gestão desta área cabe ao Conselho Deliberativo da RESEX Corumbau conforme previsto na Lei do SNUC (nº 9.985/2000).

Universidade

O Professor Antonio Jeovah de Andrade Meireles, da Universidade Federal do Ceará - UFC, em um estudo sobre carcinicultura adverte que a utilização e a ocupação desordenada dos sistemas ambientais são responsáveis pelos riscos sócio-ambientais ao longo da zona costeira. A atuação conjunta, envolvendo os órgãos ambientais, o Ministério Público, as Universidades, as ONG’s e, principalmente, representantes das comunidades tradicionais direta e indiretamente, representam um importante passo para minimizar os danos ambientais. (Meirelles, 2005).

Nema Cumuru

O artigo 2º, dos Estatutos do Núcleo de Estudos do meio Ambiente de Cumuruxatiba, registrado no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas em 15/12/2006, estabelece que ele tem por objetivo a defesa dos interesses difusos e do meio ambiente, através dos seguintes mecanismos: ações judiciais, representações ao Ministério Público e mobilizações populares. (Incisos I, II e III).

PROPOSTA DOS EDITORES DO BOLG


Esta é uma proposta apresentada pelos editores do blog e não reflete necessáriamente a posição do NEMA que deverá ser decidida em reunião de seu Conselho Deliberativo.


Consideramos como Meirelles (2005) que a atuação conjunta, envolvendo os órgãos ambientais, o Ministério Público, as Universidades, as ONG’s e, principalmente, representantes das comunidades tradicionais, seja o melhor caminho para minimizar os danos ambientais de possíveis empreendimentos envolvendo os recursos naturais da região.

Seria fundamental que a Comunidade de Cumuruxatiba, conheça os projetos que venham a afetar o convívio habitual com qualquer das praias de nosso distrito. As colocações de porteiras ou o isolamento de áreas tradicionalmente usadas pela população deve ser sempre precedido de um encontro com as comunidades onde sejam explicadas as razões destes procedimentos.

Veja mais sobre nossas praias.(clique aqui)

Gostaríamos de solicitar a nossos leitores que façam comentários colocando suas opiniões. Estas opiniões nos irão ajudar a tomar um posição justa e equilibrada.

BOLETIM INFORMATIVO 32/2007

Enviado em Boletim de Editor | 25 de Abril de 2007 @ 20:12

Logotipo

ESTAMOS DE VOLTA

Depois de um período de ausência, nosso boletim retorna. Neste número vamos fazer uma retrospectiva dos acontecimentos desde nosso último blog em 15 de Janeiro. Vamos mostrar como ficou a MOSTRA do NossoEspaço e sua repercusão. Vamos apresentar ainda um resumo das atuações do projeto Cine Na Rua. E principalmente relatar as iniciativas da Comunidade que tem demonstrado seu carinho e confiança no NEMA.

NossoEspaço

MOSTRA: KIJÊME ZABELÊ

O Nosso Espaço foi criado com a intenção de ser um espaço para as manifestações culturais da comunidade. Para sua inauguração o NEMA organizou a Mostra Kijême Zabêle.

A Mostra foi composta de três setores.

Os dois primeiros painéis, localizados à direita da entrada, apresentavam a exposição.


Painel com o arranjo físico da Mostra


Painel definindo os 3 setores da Mostra

O Setor 1 - Nossa Terra Nossa Gente homenageou a Zabelê como um símbolo das muitas personagens culturalmente importantes de nossa comunidade .

Os dois painéis seguintes, ainda na ala esquerda, apresentaram informações sobre Zabelê.


Este painel apresentou uma biografia (contada pela própia Zabelê,
a música Zabelê de 1966, com letra de Torquato Neto e música de Gilberto Gil
o pássaro Zabelê e uma lenda indigena sobre a Zabelê.


Aqui foram ressaltados alguns aspectos da vida de Zabelê, como pajé da Aldeia Tibá e
uma grande mãe da comunidade

O Setor 2 - Olhar de Cumuru mostrou o trabalho fotográfico dos participantes do projeto fotográfico promovido pelo NEMA: “Olhar de Cumuru”. Com a participação de jovens de 11 a 40 anos.

Foi montado um biombo de três partes no fundo do espaço, aproveitando-se de portas existentes. Na parte frontal foram apresentadas duas fotografias selecionadas pelo grupo como as melhores de cada participante e na parte posterior fotos antigas de festas da comunidade tiradas pelo responsável pelo projeto - o fotógrafo Paulo Mattos.


Visitantes observam os biombos com as fotos do projeto “Olhar de Cumuru”

O Setor 3 - Projetos Peixes Meninos mostrou o trabalho dos jovens do projeto cinetífico promovido pelo NEMA em parceria com o Projeto BioBahia

Do lado esquerdo da sala foi montado um painel e 3 mesas.

O painel reproduzia uma artigo publicado em revista científica de circulação nacional falando sobre a responsabilidade social das universiades e de seus pesquisadores.

A primeira mesa apresentou um livro sobre os peixes de água doce do Extremo Sul da Bahia, produzido pelos jovens do projeto durante o ano.

A segunda mesa apresentou uma ossada de tartaruga, encontrada na praia e totalmente reconstruída pelos jovens.

A terceira mesa foi um trabalho de recuperação de uma caixa entomológica, com insetos de Minas Gerais, doada ao projeto.


Painel mostrando artigo sobre Responsabilidaded Social do meio acadêmico

No fundo da sala foi instalada uma televisão e um reprodutor de DVD, emprestados pela Escola Algeziro Moura, onde eram apresenatdos vídeos sobre diversas atividades dos diferentes projetos do NEMA.


Visitantes assistindo os vídeos

INAUGURAÇÃO

A PATRULHA ECOLÓGICA, grupo ecológico de Cumuruxatiba, oranizado pela Escola Algeziro Moura e que deu origem ao NEMA CUMURU comemora a inauguração conjunta do “MUSEU HISTÓRICO DE CUMURUXATIBA” e da “MOSTRA KIJÊME ZABELÊ”


A mesa organizada pela Thais e Adriana para a comemoração


Jovens aguardando ansiosos o inicio da comemoração


Afinal! Ninguém é de ferro! Hora da recompensa.

FUNCIONAMENTO

A Mostra e o Museu funcionaram de 26 de dezembro de 2006 até 26 de março de 2007, abrindo das 16 às 21hs.

Aline e Maine foram as responsáveis pelo funcionamento das instalações neste período, tendo se dedicado para que os visitantes fossem bem recebidos e não ficassem com dúvidas.


Maine e Aline recepcionando um visitante

O Projeto do NEMA “Cine Na Rua” sob a coordenação de nossos sócios fundadores Ricardo e Klinger vai para a sua 8a apresentação.

Apresentações do projeto até hoje:

1. 4/9/2006 – Auto da Compadecida
2. 7/10/2006 – A Era do Gêlo
3. 3/12/2006 - Os filhos de Francisco
4. 8/1/2007 - Lisbela e o Prisioneiro
5. 10/1/2007 - Somos todos Sacy com discussão com o diretor
6. 14/4/2007 – Narradores de Javé
7. 22/4/2007 – O Casamento de RomeuXJulieta

As apresentações são sempre precedidas por shows musicais ou curtas metragens

No primeiro sábado de Maio haverá nova apresentação.

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos a doação de R$ 20,00 de um amigo de Niterói.

Recebemos a doação de R$ 500,00 de Gilbertinho. Este valor foi o sobrante da Festa de Natal organizada pela Suêd e pela Mônica.

Recebemos R$ 247,65, da Adriana. Este valor corresponde a comissão do NEMA pela cessão dos logos e espaço para a venda das camisetas produzidas por ela.

Assim nosso saldo é de R$ -357,21, incluíndo a previsão de compra de 600 lajotas para reposição das emprestadas.

No próximo número estaremos divulgando os nomes e valores das pessoas que colaboraram conosco para permitir o pagamento de uma ajuda de custo das meninas encarregadas de dar assistência ao funcionamento do Museu e da Exposição.

DOAÇÕES DE EQUIPAMENTOS

O NEMA recebeu a doação de um microcomputador(CPU)+ Monitor+Impressora Lexmark usados, montados com partes cedidas por diversas pessoas do Rio de Janeiro e Niterói.

O NEMA recebeu a doação de um projetor novo da EPSON Power Ligth S4+. A doação foi possível graças a iniciativa de Esther e Hans da Pousada É, que organizaram encontros da comunidade com a renda revertida para esta finalidade.

O Projetor já está sendo usado pelo projeto Cine na Rua.

Ele já foi também usado na Escola Tiradentes, para aulas de educação em saúde bucal para as professoras e na Escola Algeziro Moura durante a semana da saúde, com palestras sobre drogas, saúde bucal e nutrição.


Ester e Hans entregam o projetor à Presidente do NEMA

O NEMA recebeu a doação de uma impressora multifuncional Epson Stylus CX4900 novinha em folha, do Luis e Milene da Pousada Rio do Peixe.


Luiz e Milene entregam a impressora à Presidente do NEMA

Estes equipamentos estão a disposição para uso pelas Escolas e pelas diversas organizações da Comunidade. Brevemente estaremos divulgando as pessoas responsáveis por organizar este uso.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.

Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(CLIQUE AQUI).

BOLETIM INFORMATIVO 31/2007

Enviado em Boletim de Editor | 15 de Janeiro de 2007 @ 22:21

Logotipo

DESCULPAS

Por problemas técnicos não estamos podendo manter a atualização semanal de nosso blog. Assim estaremos apresentando apenas um resumo de nossas atividades recentes. Queremos nos desculpar pela omissão dos nomes de muitos dos nossos colaboradores. Tentaremos ir fazendo as correções nas próximas edições.Contando com a compreensão de todos vamos em frente.

NossoEspaço

CONCLUSÃO DA MONTAGEM

Magella do Restaurante Hermes doou R$80,00 para pagamento da mão de obra que colocou as portas nos banheiros, na sala de artesanato e fixou os sanitários.


Colocação da porta do banheiro externo

Nêgo e Paulo foram os responsáveis pela confecção dos painéis para fixação dos banners da Mostra.


Paulo confecionado um dos painéis


Nego finalizando outro dos painéis

Sob a orientação do Alberto da Pousada Comurumaré, Onda e Ronaldo ajudaram na colocação da rede de cabo de aços para sustentar a exposição.


Alberto e Ronaldo cortando os cabos

Luisa ajudada por vários jovens ficou responsável pela pintura das mesas e painéis.


Vazigton retoca a pintura dos painéis das fotos

Luis Fernando e Helena doaram os spots para iluminação.


Ronaldo faz a montagem da iluminação

A pintura do nome na parede frontal ficou a cargo do Bethoven e a Mandala foi concluída pela Renata Homem.


Onda lixa a porta frontal


Renata pintando a Mandala


Renata e Onda comemoram a finalização do trabalho


Resultado final com o nome pintado pelo Bethoven

João Vitor foi que pintou a parde externa e distribuiu os dois caminhões de areia doados pelo Preto e Tadeu.


João Vitor pintando a parede externa


Grupo de trabalho experimenta a nova iluminação


Luisa dá os retoques no painel de fotos.


Ronaldo e Maine colocam os banners nos painéis.


Galera comemora finalização dos trabalhos.


Ronaldo e Reginaldo recebem Seu Antônio da Pousada Axé

Aldo e Val da Raízes Nativa confeccionaram e doaram a nova placa para o Museu de Cumuruxatiba.


Val e o filho de Aldo fazem entrega da placa

A placa do Museu foi fixada pelo Alexandre.


Placa montada no local


Museu de Cumuruxatiba recebeu nova arrumação


Sala de Artesanato se preparou para festinha de inauguração


Maine e Aline continuarão recepcionando o Museu


E também a Mostra Quijême Zabelê


Os quatro banners iniciais da Mostra


Os três setores da Mostra


Um dos banners em homenagem a Zabelê


Zabelê chega em companhia do marido para conhecer a Mostra em sua homenagem.


Carol explica os apinéis para Zabelê.


Zabelê observa um dos painéis em sua homenagem.


Público acompanha Zabelê durante sua visita


Zabelê e seu esposo observam um dos painéis


Visitantes da Aldeia Tibá observam painéis de fotos


Zabelê assiste o vídeo em sua homenagem

A Mostra e o Museu estarão funcionando de 26 de dezembro de 2006 até 26 de março de 2007, das 16 às 21hs.
Queremos registar um agradecimento especial a Rosângela da Pousada Clara, pelo enorme apoio durante todo este trabalhado, estando sempre pronta a colaborar no que lhe foi solicitado.
Agradecemos as famílias e comerciantes que estarão ajudando para que possamos pagar uma ajuda de custo de R$150,00 aos jovens responsáveis pela manutenção do NossoEspaço funcionando.

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos a doação de R$400,00 do Selma de Niterói - RJ.

Recebemos a doação de R$80,00 de Magella do Restaurante Hermes para pagamento de mão de obra.

Recebemos a doação de R$328,00 do saldo da festa de natal para as crianças carentes patrocinada pelo Gilbertinho da Geovita Poços Artesianos.

Recebemos a doação de R$140,00 da Bióloga Luisa Maria Sarmento Soraes.

Recebemos a doação de R$70,00 dos Dentistas Ricardo e Andréia.

Foi realizado o pagamento de R$460,00 à MADECOM referente a materias usados na reforma acima citadada.

Assim nosso saldo é de -R$ -1.392,86, incluíndo a previsão de compra de 600 lajotas para reposição das emprestadas.

Queremos registar nossos agradecimentos as seguintes pessoas que estão colaborando conosco:
A Alcione e Maura pela preparação da cortina que separou o depósito da Mostra.
A Jalene da Pousada Luanda pela doação do material para as cortinas.
A Helena e Fernando pela doação dos spots e da mão de obra para pintura das paredes externas do Museu.
Ao Marquinhos pela instalação da água.
Ao Ademi e Gil, com seus nós especiais, que nos ajudaram na fixação dos painéis.
A dona Neide pela doação das almofadas para os banquinhos da sala de TV.
Ao Junior da Madecon (Cumuruxatiba) pela doação de R$37,80 em forma de desconto.

Ao Preto e Tadeu pela doação de dois caminhões de areia.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.
Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(clique aqui).

BOLETIM INFORMATIVO 30/2006

Enviado em Boletim de Editor | 12 de Dezembro de 2006 @ 14:05

Logotipo

NossoEspaço

SALA DE ARTESANATO

A Sala de Artesanato e os banheiros já estão revestidos e de piso novo. Ainda falta a colocação das portas, janelas e louças. Para este trabalho já temos todo o material.


Vista externa da sala de artesanato

Após este trabalho vamos colocar a água e a luz. Já temos a caixa d’água e falta o material elétrico.


Vista interna da sala de artesanato

De todas as formas o espaço já estará sendo usado para realização de um oficina de trabalho com material reciclado.

SALA DE EXPOSIÇÃO

Para viabilizar a abertura da exposição no dia 23 de dezembro temos nos dedicado aos trabalhos da Sala de Exposição. O Reginaldo e o Ricardo tem dado uma ajuda inestimável para que as coisas aconteçam.


Reginaldo colocando a nova porta frontal

As portas novas já foram colocadas. As pinturas das paredes internas laterais já foram realizada.


Ricardo iniciando a pintura das paredes internas

A furação para colocação da rede de cabos de aço foi concluída. Comandada pelo Sr Robson Ramos(Biroska), chegado de Ribeirão Preto e com a colaboração de Reginaldo, Ricardo e Ronaldo (os 6Rs).


Biroska comanda a furação para os cabos

Esperamos o retorno do Luiz Fernando para montagem dos cabos.O próprio Luiz Fernando havia doado 7 metros de cabo. O Ricardo doou mais 15 metros. O Reginaldo doou os oito tensores transversais. Precisamos ainda dos 6 tensores longitudinais, 20 clips para amarração do cabo e 70 metros de cabo de aço.

MUSEU HISTÓRICO

Foi entregue para a Bia um projeto oferecido pelo Aléxei(RJ) para a nova placa do Museu Histórico


Placa sinalizadora do Museu Histórico

Clique aqui para ver mais fotos da Sala de Exposição

Clique aqui para ver mais fotos da Sala de Artesanato

Clique aqui para ver mais fotos da Àrea Externa

Terça-feira, dia 12 de dezembro, o grupo do Olhar de Cumuru se reuniu às 5h da manhã para um Safári final. A manhã chuvosa não acovardou os novos fotógrafos, nem o professor Paulo. Ao final a Andréia ofereceu um cafá da manhã para o grupo.


Rodrigo verifica sua máquina

Cada aluno (que puder) vai colaborar com R$10,00 para cobrir o custo de produção das fotografias que serão incluídas na Mostra. Próximas estapas serão: definir as melhores fotos de cada um, mandar fazer cópia e preparar os painéis que irão receber as fotos de cada um, que serão expostas juntas com fotos de Paulo Mattos.

Clique aqui para ver mais fotos(brevemente estaremos incluíndo as fotos do alunos)

OFICINA DE BONECOS

O artista mineiro Hudson Conceição em visita a nossa cidade vai oferecer uma oficina de confecção de objetos a partir de material reciclado.

Hudson realizou diversas oficinas com grande participação na semana de homenagem a Zumbi dos Palmares, organizada pela ACAIC.

A beleza de seu trabalho, refletida nas imagens criadas a partir de papel de jornal foi muito aplaudida durante o evento.


Hudson da Conceição

Com esta oficina, O NEMA está inaugurando a Sala de Artesanato que está sendo construída no NossoEspaço, próximo ao tradicional Museu Histórico de Cumuruxatiba.


Esculturas produzidas com jornal usado.

MITOLOGIA GREGA

O NEMA promoveu um encontro sobre mitologia grega. A palestra foi realizada, na Escola Algeziro Moura, pela profesora Liane Uchôa, de Brasília que estava em visita a Cumuruxatiba. Durante quase duas horas a audiência ficou presa das curiosas histórias muito bem contadas pela palestrante.


Grupo da palestra sobre mitologia grega

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos a doação de R$ 77,00 do grupo de Franca em São Paulo. Agradecemos ao Li-Tai que teve a iniciativa e aos participantes da lista: Fernando, Alexandre, Carlos, Marin, Eduardo, Juliano, Nelson e Valdeci.

Recebemos a doação de R$ 50,00 de Marileide de Belo Horizonte, Minas Gerais. Agradecemos a iniciativa da tia da Andréia que visitou a cidade e resolveu contribuir com o NossoEspaço.

Foi realizado o terceiro pagamento do pedreiro João (R$175,00) e do ajudante Waldenicio (R$ 100,00) referentes a cinco dias de trabalho nas reformas do banheiro e salão de artesanto.

Foi realizado o pagamento de R$568,40 à MADECOM referente a materias usados na reforma acima citadada.

Assim nosso saldo é de -R$ -1.361,86, incluíndo a previsão de compra de 600 lajotas para reposição das emprestadas, as doações de Luisa e Andréia e o custo de cinco painéis para a Exposição.

Queremos registar nossos agradecimentos as seguintes pessoas que estão colaborando conosco:
Ao Adriano da Pousada Uai Brasil que cedeu um projetor de slides para a realização do Projeto Olhar de Cumuru.
Ao Junior da Madecon (Cumuruxatiba) pela doação de R$27,51 em forma de desconto.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.
Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(clique aqui).

BOLETIM INFORMATIVO 29/2006

Enviado em Boletim de Editor | 4 de Dezembro de 2006 @ 11:11

Logotipo

NossoEspaço

No espaço gentilmente cedido pelo Sr.Antonio da Pousada Axé, o NEMA CUMURU com muito esforço e apoio da comunidade vem tentando implantar o projeto NossoEspaço.

SALA DE EXPOSIÇÃO

Mutirão de jovens dá uma arrancada para começar a preparação da sala de exposição. No Sábado pela manhã os jovens junto com Ricardo, Andreia e Luisa fizeram um pequeno mutirão para passar seladora nas paredes da sala de exposição.


Andreia discute o projeto com os jovens

Um grupo começou a preparação das mesas que vão ser usadas na exposição.


Passando seladora nas falhas da madeira

Outro grupo preparou e passou a seladora nas paredes.


Preparando a seladora

Um terceiro grupo preparou as portas que serão usadas para a mostra de fotografias Olhar de Cumuru.


Limpeza das portas

Finalmente o grupo da pesada encarregou-se de movimentar as cargas pesadas para os lugares definitivos.


Transportando o material mais pesado.

Mais uma etapa cumprida e o grupo posou para a foto.


O grupo de jovens

OUTRAS FRENTES

Dando seguimento as outras frentes de trabalho nosso amigo Alberto da Pousada Cumurumaré conseguiu apoio mecânico do Joel para colocar a porta metálica da exposição em funcionamento.


Joel reparando o sistema de suspensão da porta

O Nêgo, deu sua contribuição preparando as madeiras para serem utilizadas no telhado da Sala de Artesanato e banheiros. Ele ficou encarregado também da construção dos Expositores.


Nêgo cortando a madeira

A montagem dos telhados contou com a disposição do Reginaldo, auxiliado pelo Ronaldo.


Retirando as folhas da imbaúba

Luisa e Leônidas ajudaram ainda na limpeza da área.


Colocando as telhas

Finalmente não podemos deixar de ressaltar o esforço constante da Suêd e Mônica na busca de recursos e apoio para a realização das obras. Esta ajuda é imprescindível, pois mesmo que sejam obras simples e feita com muito trabalho voluntário nossas fontes de recursos são muito pequenas.

Clique aqui para ver mais fotos da Sala de Exposição

Clique aqui para ver mais fotos da Sala de Artesanato

Clique aqui para ver mais fotos da Àrea Externa

Devido ao tempo chuvoso no sábado, a seção de Cine Na Rua foi transferida para o Domingo. Realizou-se mais uma vez com grande sucesso. A exibição frente ao NEMA em substituição ao local tradicional foi feita para não atrapalhar o culto religioso na Igreja Matriz.

A tentativa de exibição de um show com as fotos do VII Recital de Poesias não foi bem sucedida, mas vamos tentar solucionar as dificuldades e apresentá-lo em nossa próxima seção, que em princípio será no dia 6 de janeiro do próximo ano.


Edição 3


O público prestigiou

Clique aqui para ver mais fotos do Cine Na Rua

Olhar de Cumuru conclui seu primeiro curso de introdução a fotografia com o 2o Safári Fotográfico realizado domingo 3 de dezembro. Agora Paulo Mattos e seus alunos vão dedicar-se a montagem da mostra que será apresentada na Sala de Exposição de NossoEspaço.

Serão trabalhadas fotos temáticas pelos alunos e daí selecionadas as fotos que deverão ser expostas.


Uma das aulas para grupo da manhã

Clique aqui para ver mais fotos(brevemente estaremos incluíndo as fotos do alunos)

BOA BOCA

A Dentista Adréia Ramos realiza em Cumuruxatiba um interessante programa social de assistencia dentária. Em sua primeira fase o programa atendeu aos jovens da “Patrulha de Cumuru” com revisão e tratamento dentário gratuito.


Participantes da reunião

No dia 29 de novembro foi realizada uma reunião de esclarecimentos com os jovens e seus pais. Concluída esta fase o projeto deve estender-se para outros grupos de jovens da cidade

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos a doação de R$ 23,00 do grupo da quarta-feiras de Itacoatiara, Niterói, Rio
de Janeiro.

Foi realizado o segundo pagamento do pedreiro João (R$175,00) e do ajudante Waldenicio (R$ 100,00) referentes a cinco dias de trabalho nas reformas do banheiro e salão de artesanto.

Foi realizado o pagamento de R$450,00 à MADECOM referente a materias usados na reforma acima citadada.

Assim nosso saldo é de -R$ -519,96, incluíndo a previsão de compra de 600 lajotas para reposição das emprestadas.

Queremos registar nossos agradecimentos as seguintes pessoas que colaboraram conosco na obra de NossoEspaço:

Ao Junior da Madecon (Cumuruxatiba) pela doação de R$37,80 em forma de desconto.
Ao Milton da Construsul de Prado que doou quatro telhas transparentes.
Ao Rogério Fialho da “Jumbo Material de Construção” que doou uma lata de tinta.
Ao Bruno da Construtora Lima que doou uma lata de fundo preparador de parede.
Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.
Nosso livro caixa está disponível também na Internet.(clique aqui).

BOLETIM INFORMATIVO 28/2006

Enviado em Boletim de Editor | 26 de Novembro de 2006 @ 20:14

Logotipo

NossoEspaço

Banheiros e Sala de Artesanato

Como primeira etapa para montagem do NossoEspaço foi inicida a construção de dois banheiros e da Sala de Artesanato.


Local antes da reforma

Foi uma semana de trabalhos duros. Os recursos são muito poucos mas vamos continuar tentando.


Local durante a reforma

Salão de Exposição

Na parte interna do Salão de Exposição, Alberto, Eli, Luisa e Ronaldo pegaram firme para melhorar a arrumação do material existente liberando mais espaço para as Exposições.

Local antes da segunda arrumação.

Alberto da Pousada Cumurumaré além de pegar no pesado orientou a nova arrumação.


Local após a segunda arrumação.

Clique aqui para ver mais fotos

Área de apresentações


área de apresentação cultural

Mestre Ralil, do Raizes do Brasil, viu nosso blog e nos escreveu dando sua opinião do espaço para o uso da capoeira:

“Achei a idéia muito interessante, inclusive o local onde treinamos tem tudo a ver com este espaço. Com 5 metros de diametro já seria o bastante para uma roda, 6 metros fica melhor ainda pois a tendência dos capoeiristas é ir fechando a roda, sendo assim vocês terão uma margem melhor. Porém para o treino já fica um pouco pequeno. O professor ou Mestre que for dar aula terá que manter a criatividade e revezar as turmas no treino. O piso dá um clima realmente, só não dá de fazer um rejunte muito afastado como se usa normalmente em piso com tijolinhos porque se ficar muio fastado, poderá machucar a rapaziada (ex. torcer
o tornozelo), outra coisa, pedir para o fornecedor do tijolinho deixar queimar mais tempo no forno e reforçar a mistura para que resista melhor.”

Espero ter ajudado,
um abraço,
Mestre Ralil.

Mestre Ralil, nosso muito obrigado. É muito bom sentir esta solidariedade. Agradecemos muito os aconselhamentos e vamos levá-los em conta.

SEMANA ZUMBI DOS PALMARES

A ACAIC recebe grande apoio da população de Cumuruxatiba e consegue o milagre de realizar uma semana de grandes eventos com um mínimo de recursos. Como verdadeira homenagem ao espírito guerreiro e sonhador de Zumbi dos Palmares, a comunidade de Cumuruxatiba se uniu à ACAIC e fez acontecer uma semana de oficinas e espetáculos onde os diferentes grupos puderam mostrar o que tem de melhor em suas tradições culturais.


Aldeia Tibá e Pequi unidas mostram suas danças

Representantes das Aldeias Pataxo Pequi e Tiba deram um grande espetáculo apresentando seus cantos e danças. Mas uma vez Zabelê foi o ponto alto representando a remunganha (a onça).


Oxa Tiba

A oficina de comunicação conseguiu a proeza de produzir e publicar um número completo do jornal Oxa Tiba.


Seu Honorato

Representando os pescadores do Corumbau, Seu Honorato, um simbolo da RESEX Marinha do Corumbau, contou alguns de seus causos.


Grupo afro de Caravelas

A beleza negra nos cantos e danças deste grupo maravilhoso que veio de Caravelas trazer sua mensagem para nós.


Espetáculo da Puxada de Rede

O Grupo de Capoeira Sul da Bahia de Cumuruxatiba, presta sua homengaem aos pescadores com o Auto da Puxada de Redes.


Festa de encerramento

Com muita dança e confraternização os grupos se reuniram para uma festa comum de despedida desta semana inovidável.


Mães dos povos

A força das raças que forjaram a nossa gente brasileira.

Clique aqui para ver mais fotos da festa

VEJA OS VÍDEOS
Umbanda 1 Puxada de rede Auê pataxo 1
Auê pataxo 2 Auê pataxo 3 Auê pataxo 4


Paulinho orienta uma aluna

Aproveitando as festas alguns alunos do curso de fotografia, com o orientação do profesor Paulo Mattos fizeram suas fotos.

No sábado, dia 2 de Dezembro, às 18 horas na Praça da Matriz, estaremos apresentando mais uma edição do Projeto CINE NA RUA.

Francisco Camargo é um lavrador do interior de Goiás que tem um sonho aparentemente impossível: transformar dois de seus nove filhos em uma dupla sertaneja. Ele inicialmente deposita sua esperança no mais velho, Mirosmar, e resolve lhe dar um acordeão quando completa 11 anos. Mirosmar e seu irmão Emival, que toca violão, se apresentam com sucesso nas festas da vila onde moram, mas devido a perda da propriedade onde moravam nos anos 70 toda a família é obrigada a se mudar para Goiânia. Mirosmar e Emival começam então a tocar na rodoviária local, na intenção de conseguir algum dinheiro para ajudar em casa.
(fonte:http://www.adorocinemabrasileiro.com.br)

NEMA NA UNEB

Susana Ferreira, Andréia Martins e Gilberto Guimarães, alunos do segundo semeste do Curso de História, da UNEB no campus de Teixeira de Freitas fizeram uma apresentação do NEMA, em sala de aula, no dia 1º de novembro, durante o trabalho da disciplina Educação e Sociedade
ministrada pela professora Geovanda Batista.


Susana Ferreira, Andréia Martins e Gilberto Guimarães falam sobre o NEMA

SUSTO DA PREGUIÇA

Na Sexta-Feira, dia 26, uma preguiça despencou da árvore frente ao Pastel Italiano, dando um grande susto no Osíris. Depois de algum tempo paralizada, felizmente a bichinha se recuperou e retomou seu caminho entre as árvores. Osíris, ainda teve oportunidade de fotografá-la, caída e depois quando se afastava.


Preguiça caida após o tombo

Trata-se de uma preguiça Bradypus variegatus, com ampla distribuição no território nacional, segundo Sergio M. Vaz pesquisador da seção de mamíferos, do Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro


Preguiça após sua recuperação

Em contato realizado com a Carmem do IBAMA do Prado fomos informados que em caso de acidentes com animais protegidos como a Preguiça, pode ser solicitada ajuda veterinária do IBAMA de Eunápolis.

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Foi realizado o pagamento do pedreiro João (R$140,00) e do ajudante Waldenicio (R$ 80,00) referentes a quatro dias de trabalho nas reformas do banheiro e salão de artesanto.

Foi realizado o pagamento de R$522,90 à MADECOM referente a materias usados na reforma acima citadada.

Assim nosso saldo é de -R$ -550,36, incluíndo a previsão de compra de 600 lajotas para reposição das emprestadas e mais uma semana de pedreiro e ajudante.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.
Nosso livro caixa está disponível também na Internet (clique aqui).

BOLETIM INFORMATIVO 27/2006

Enviado em Boletim de Editor | 21 de Novembro de 2006 @ 13:41

Logotipo

NossoEspaço

Já começamos a trabalhar para montagem da primeira exposição no NossoEspaço. Estará dividida em tres áreas que irão mostrar “NossaTerra NossaGente”, “Olhar de Cumuru” e “Peixes Meninos”.


Projeto da mostra da 1a.Exposição

A construção do NossoEspaço segue caminhando. As chuvas atrapalharam um pouco o início das obras dos banheiros e do “Salão de Artesanato”. Queremos agradecer ao Valdeli a doação de um caminhão de areia para esta reforma. Nossos agradecimentos ao Gustavo que transportou as lajotas para nós.


Walmir e Waldenicio (Fi) preparados para o trabalho

A Monica e a Suêd, além da doação de 3 sacos de cimento, continuam incansáveis buscando recursos para realização do projeto. A equipe das pessoas engajadas está se ampliando além dos acima citados temos o incansável Reginaldo, o Luiz Fernando, Ricardo e Andreia e agora o Alberto que estão chegando juntos. Chegando junto também, contamos com a colaboração da Juliana e do Leomar que pegaram pesado lá conosco para liberar a área para as obras.

Clique aqui para ver mais fotos

Terça-feira, na sede do NEMA tiveram início as aulas do curso de fotografia ministrado pelo fotógrafo Paulo Mattos


Paulo explica os processos fotográficos

São duas turmas de 10 alunos cada. Uma pela manhã e outra pela tarde. Ao final do curso Paulinho vai montar em conjunto com os alunos no NossoEspaço uma mostra de fotografias

VII RECITAL DE POESIAS

Às 19 horas do dia 18 de novembro de 2006, a Escola Algeziro Moura realizou seu VII Festival de Poesias.


Apresentação a Arca de Noé

Com uma homenagem Especial ao centenário do poeta Mario Quintana, o recital dos alunos da Escola brindou a comunidade de Cumuruxatiba com belas poesias do próprio Quintana e de poetas como Carlos Drumond de Andrade, Ferreira Gullar, João Cabral de Melo Neto, Vinicius de Morais e outros.


Entrada para apresentação de Morte e Vida Severina

Não faltou nem mesmo a recitação de um poema de autoria própria. Entusiasmada a mãe de um aluno recitou também uma poesia de agradecimento da comunidade pelo recital que professores e alunos do Algeziro Moura nos proporcionou.


O público acompanhou com grande atenção

Clique aqui para ver mais fotos

COMBATE À DENGUE

Sábado, 20 de novembro, foi o dia de alerta para o combate ao mosquito da dengue. Organizado pelo grupo de saúde da cidade, foi realizada uma caminhada para esclarecimento sobre os perigos da Dengue e as medidas necessárias ao seu combate.


Cartazes esclarecem sobre a dengue

Grande número de pessoas e os diversos grupos da comunidade apoiaram a iniciativa dos Agentes de Saúde.


Curumim Batuque marcou sua presença

Clique aqui para ver mais fotos

SEMANA ZUMBI DOS PALMARES

Um grande esforço da moçada da ACAIC que com tão pouco tempo de formada teve que assumir a responsabilidade por um evento desta magnitude. É uma programação de alto nível e muito extensa. Mesmo que não se consiga realizar tudo o que se desejava temos que parabenizar esta turma pela qualidade da agenda que estão proporcionando a nossa comunidade.

O NEMA acredita que esta força cultural que emana das diferentes tradições é o que pode unir as comunidades para fazê-las superar suas dificuldades e criar um mundo mais justo.VEJA PROGRAMAÇÃO.

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Recebemos de Solange de Niterói, em 13/11/2006 a doação de R$50,00 e em 21/11/2006 do Grupo das Quarta-feiras de Niterói a doação de R$50,00. Nosso muito obrigado.

Realizamos o pagamento de R$ 60,00 a Antônio e Vato pela compactação do entulho e espalhamento da areia no terreno do NossoEspaço.

Até o dia 21/11 foram gastos R$ 292,50 de materiais e realizada uma previsão de recursos de R$462,00 para 600 lajotas, 5 diáriias de mão de obra de pedreiro e ajudante e 2 sacos de cimento.

Assim nosso saldo é de -R$ 130,96.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados e partir de agora nosso livro caixa estará disponível também na Internet (clique aqui).

.

.

BOLETIM INFORMATIVO 26/2006

Enviado em Boletim de Editor | 9 de Novembro de 2006 @ 10:05

Logotipo

NossoEspaço

O NEMA recebeu de dois artistas cariocas, Alexei Pinheiro e Luiz Fernando, o projeto para construção de um Espaço Cultural para a nossa Comunidade


Parte frontal mostrando a área da Exposição


Parte lateral mostrando a área de apresentação cultural

Agradecemos a Renata Homem a autorização para o uso de seu trabalho na fachada do museu e contamos com ela para nos ajudar na pintura da parede.

Agora depende de nós realização do Projeto.

Os amigos Antônio e Vato fizeram uma boa limpeza externa do terreno.


Antônio e Vato durante a limpeza

Dani, Eli, Fernanda, Aline e Ronaldo em mutirão fizeram uma primeira limpeza do espaço do galpão para liberar a área que será usada para a exposição.


Fernanda, Ronaldo, Aline, Eli e Dani durante a arrumação

Os amigos Antônio, Vato e Damilton estão agora acomodando a grande quantidade de pedras dispersas pelo terreno e vão extender o material de aterro, gentilmente cedido pelo Vereador Preto.

Esta semana estaremos iniciando a obra para recuperação dos banheiros e da sala de artesanto. Estamos dependendo de um Pedreiro. Reginaldo está dedicando uma parte de seu tempo para nos ajudar nesta tarefa. Ele mesmo doou um vaso sanitário com descarga, o outro foi doado pela Rosângela, diretora do Algeziro Moura. Nossas sócias fundadores Sued, da Pousada Boa Sorte, e a Monica, arquiteta, estão nos ajudando a levantar recursos e materiais.


Projeto de reforma dos banheiros e da sala de artesanato

Vamos apresentar o projeto ao Sr. Antônio, da Pousada Axé, e solicitar a autorização para realização do projeto. Estamos seguro de continuar contando com seu apoio e colaboração.

Agradecemos ao Grupo das Quarta-Feiras, de Itacoatiara, Niterói, RJ que nos tem ajudado com contribuições financeiras desde a construção de nossa sede.

É assim que vamos construir mais este espaço para exercício da cidadania de nossa comunidade.

COM A AJUDA DE TODOS!!!

SEMANA ZUMBI DOS PALMARES

A ACAIC preparou a programação das comemorações que serão realizadas na semana de 19 a 26 de novembro, dedicada a Zumbi do Palmares. VEJA PROGRAMAÇÃO.

PARQUE NACIONAL DO DESCOBRIMENTO - PND

Realizou-se na quarta-feira, dia 8 de novembro a primeira reunião para “Formação do Conselho Consultivo do Parque Nacional do Descobrimento” no Prado. Nossa Diretora Técnica, Thais, esteve presente representando o NEMA. Veja Reportagem.

DOAÇÕES E PRESTAÇÃO DE CONTAS

O NEMA quer agradecer a nossa sócia fundadora Fernanda a doação do artesanato “olho divino” para decoração de nossa sede.

Helena e Luiz Fernando trouxeram vários CDs e publicações sobre cultura popular para doar para o NEMA e a Escola Algeziro Moura. Agradecemos aos dois e estamos aguardando a carta de encaminhamento para agradecer aos doadores.

Recebemos do “Grupo das Quarta-Feiras” de Itacoatiara - Niterói, em 8/11/2006 a doação de R$105,00. Agradecemos ao Flávio, Fátima e todos os que tem contribuído.

Realizamos o pagamento de R$ 70,00 a Antônio e Vato pelos dias envolvidos na limpeza do terreno do NossoEspaço. O NEMA hoje dispõe de R$534,04 doados para a execução do projeto do “NossoEspaço”.

Em nossa sede, exposto no quadro de avisos, está a disposição de todos os sócios e visitantes, a relação dos recursos recebidos e dos gastos realizados.

.

« Página AnteriorPróxima Página »