Escolha
 
logo FALE CONOSCO
shunya meditação mestres textos zen dzogchen links

MAHAMUDRA E MAHA-ATI
Kalu Rinpoche
do livro "Ensinamentos Fundamentais do Budismo Tibetano"


O Mahamudra e o Maha-ati [Dzogchen], que são dois nomes para a mesma coisa, são os principais meios para atingir o despertar. [...] Purificarmo-nos do karma e dos quatro véus [karma, emoções conflituosas, condicionamentos latentes e ignorância] exigirá talvez um tempo extremamente longo: centenas ou milhares de existências, até que atinjamos o estado de Buddha.

Entretanto, se tomarmos consciência do problema e realizarmos grandes esforços, a purificação pode se efetuar nesta vida presente. Diz-se mesmo, em alguns textos, que no melhor dos casos seis meses podem bastar para atingir o despertar, ou senão um ano, ou uma existência.

De um ponto de vista imediato, se praticarmos seriamente, as práticas preliminares [ngöndro] permitem acumular, logo de início, bastante mérito e operar uma purificação suficiente para dissipar o véu do karma de maneira significativa. Este véu será inteiramente eliminado quando obtivermos a primeira terra [isto é, o primeiro estágio] de bodhisattva, chamada Perfeita

Alegria.

A partir da primeira terra de bodhisattva, a purificação concerne ao véu das emoções conflituosas [os venenos da mente], que se encontra dissipado na sétima terra de bodhisattva. Em seguida, da oitava à décima terra, opera-se a purificação do véu dos condicionamentos latentes [hábitos negativos], o que corresponde à realização dos onze primeiros graus do caminho do Mahamudra: os três graus de Concentração, os três graus de Simplicidade, os três graus do Único Sabor e os graus inferior e médio de Não-Meditação.

Enfim, correspondendo ao fim do grau superior de Não-Meditação, o véu da ignorância é dissipado: alcança-se o estado de Buddha.

Essa trajetória, que pode ser rápida pela via do Vajrayana e o Mahamudra, estende-se, pela via do Mahamudra comum, por um número incalculável de vidas. Quais são os fatores que asseguram a progressão mais rápida possível?

Um lama dotado de uma grande compaixão, instruções profundas, um discípulo de capacidades superiores. Diz-se que, nesse caso, graças às instruções do Mahamudra, a purificação dos quatro véus pode ser imediata, da mesma maneira que uma luz que se acende na escuridão a dissipa instantaneamente.