Escolha
 
logo FALE CONOSCO
shunya meditação mestres textos zen dzogchen links

OS ENSINAMENTOS DZOGCHEN E A CULTURA DO TIBET

Texto extraído do livro: "O Cristal e a via da Luz
– Sutra, Tantra e Dzogchen"
de Namkhaï Norbu Rinpoche
Compilação e apresentação: John Shane

Traduzido para o português por Karma Tenpa Dhargye


Se dermos uma explicação do dzogchen
A cem pessoas interessadas
Isso não é suficiente,
Porém se dermos uma explicação
uma pessoa que não está interessada
Isso é demais.

 

Hoje em dia existe muita gente que não tem o mínimo interesse em assuntos espirituais, falta o interesse que é reforçado pela visão materialista que impera em nossas sociedades. Se perguntarmos a pessoas desse tipo em que crêem, a resposta pode inclusive ser "não creio em nada". Tais indivíduos pensam que toda religião está baseada na fé, a qual não parece muito melhor que a superstição, e que as religiões em geral não são aplicáveis ao mundo moderno. Pois bem, o Dzogchen não exige a adoção de crença alguma, nem pode ser considerado uma religião. Este sistema se limita a sugerir ao indivíduo que se observe a si mesmo e assim possa descobrir sua verdadeira condição. Nos ensinamentos Dzogchen se considera que o indivíduo funciona em três níveis interdependentes, que são o corpo, a fala ou energia, e a mente. Nem sequer aqueles que afirmam não crer em nada podem dizer que não crêem em seu próprio corpo, pois este é algo básico para sua existência, e os limites e problemas do mesmo são claramente tangíveis. Sentimos frio e fome, sofremos dor e solidão e passamos uma grande parte de nossas vidas tratando de superar nossos sofrimentos físicos.

O nível da energia ou fala não é tão fácil de perceber e, em conseqüência, sua compreensão não é tão universal. No Ocidente, inclusive os médicos, em sua maioria, o ignoram completamente e tratam de curar todas as enfermidades atuando em um nível puramente material. Então, se a energia de um indivíduo está alterada, nem o seu corpo nem sua mente estarão equilibrados. Algumas enfermidades, como o câncer, são causadas por perturbações da energia e não se podem curar simplesmente com a cirurgia ou os medicamentos. De forma similar, muitas psicoses, neuroses e outros problemas mentais são causados por uma má circulação da energia. Em geral, nossas mentes são muito complicadas e estão muito confusas. Se tentarmos obter uma certa calma, é provável que não consigamos, a nossa energia nervosa e agitada torna isso impossível. Assim pois, para enfrentar estes problemas do corpo, fala e mente, os ensinamentos dzogchen apresentam exercícios que atuam sobre cada um desses três níveis, os quais podem integrar-se em nossa vida cotidiana e portanto podem mudar a totalidade de nossa experiência fazendo-nos passar da tensão e confusão à sabedoria e à verdadeira liberdade. Os ensinamentos dzogchen não são meramente teóricos; eles são, sobretudo práticos e, ainda que sejam muito antigos como a natureza do corpo, a energia e a mente dos indivíduos não mudaram com o passar do tempo, seguem sendo tão aplicáveis à situação humana de hoje como o foram no passado.