Escolha
 
logo FALE CONOSCO
shunya meditação mestres textos zen dzogchen links

KINHIN - MEDITAÇÃO CAMINHANDO
Yasutani Hakunn
Texto extraído de
"Os três pilares do Zen"
de
Philip Kapleau


Levantem-se devagar e caminhem silenciosos em redor com os outros, o que é chamado "kinhin", uma forma de caminhar zazen.

O "kinhin" é feito colocando-se o punho direito, com o polegar para dentro, contra o peito e cobrindo-o com a palma da mão esquerda mantendo ambos os cotovelos em ângulos retos. Conservem os braços em linha reta e o corpo ereto, com os olhos fixos num ponto a mais ou menos dois metros adiante dos pés. Ao mesmo tempo continuem usando o mesmo método de concentração usado no Zazen (por exemplo contar as inspirações e expirações), enquanto andam lentamente em volta da sala. Comecem a andar com o pé esquerdo e vão andando de tal forma que o pé pouse no chão, primeiro o calcanhar depois os dedos. Andem calmamente e com segurança, com equilíbrio e dignidade. Este caminhar não pode ser feito com distração, e a mente deve estar atenta enquanto vocês se concentram na contagem. É recomendável praticar esta forma de andar pelo menos por cinco minutos depois de cada período de sentar-se de vinte a trinta minutos.

Deve-se considerar. este caminhar como uma forma de zazen em movimento. O Rinzai e o Soto diferem consideravelmente na sua forma de fazer o kinhin. No método Rinzai o andar é animado e enérgico, enquanto no Soto tradicional é lento e repousante; de fato, em cada respiração se dá um passo para a frente de apenas 15 centímetros se tanto. Meu mestre, Harada-roshi, recomendava um caminhar intermediário e é este o método que aqui temos praticado. Além disso, a seita Rinzai põe a mão esquerda em concha por cima da direita, enquanto no Soto ortodoxo a mão direita é colocada por cima. Harada-roshi achou que o método Rinzai de colocar a mão esquerda por cima era mais desejável e adotou-o no seu ensino. Ora, ainda que este caminhar alivie a rigidez de suas pernas, tal exercício deve ser encarado apenas como uma conseqüência e não como o principal objetivo do kinhin. Assim pois, aqueles, entre vocês, que estiverem contando suas respirações devem continuar durante o kinhin, e os que estiverem trabalhando com um koan, devem continuar com ele.