Ensinamentos Zen de Huang Po – Parte 6

Recopilação e tradução ao inglês: John Blofeld

67

26. Quando o Tathagata manifestou-se no mundo, desejava ensinar um só Veículo da Verdade. Entretanto, as pessoas não acreditariam nele, e ao ridicularizá-lo, se veriam imersos em um mar de aflições (samsara). Por outro lado, se não houvesse dito nada teria sido egoísta e não poderia ter difundido o conhecimento do misterioso Caminho para proveito dos seres sencientes. Assim, pois adotou o recurso de predicar a existência dos Três Veículos. No entanto, assim como esses Veículos são relativamente maiores ou menores, existem verdadeiramente ensinamentos superficiais e ensinamentos profundos, mas nenhum deles é o Dharma original. Assim, dizemos que existe somente um Caminho Único. Se houvesse mais de um, não poderiam ser verdadeiros. Além disso, não há absolutamente meio algum de descrever o Dharma da Mente Única. Portanto, o Tathagata chamou Kasyapa para que viesse sentar-se com ele particularmente no Assento da Proclamação do Dharma, confiando-lhe até o Ensinamento Inefável da Mente Única. Este Dharma isento de ramificações pratica-se separadamente e quem for tacitamente iluminado por ele alcançará o estado búdico38.38. Hung Po está certamente falando da experiência direta da Mente Única.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *