Tenzin Gyatzo


Tenzin Gyatzo (1935-    )
(XIV Dalai Lama do Tibete)

Tenzin Gyatso nasceu numa família de camponeses em Amdo, no Tibete oriental, em 1935. Aos dois anos de idade, foi reconhecido por um grupo de busca do governo e por Lamas eminentes como a décima quarta encarnação da linhagem dos Dalai Lamas. Com quatro anos, foi levado para Lhasa e oficialmente instituído Dalai Lama.

Após a invasão e ocupação do Tibete pela China, em 1950, e a subseqüente revolta popular em grande escala contra os invasores, em 1959, o Dalai Lama, junto com cem mil refugiados tibetanos, fugiu pelo Himalaia para a Índia e outros países vizinhos. Na Índia, ele redigiu o esboço de uma constituição democrática, formou um governo tibetano no exílio e começou a estabelecer as instituições que formariam a base para uma nova sociedade tibetana: escolas, hospitais, orfanatos, cooperativas de artesãos, comunidades agrícolas, instituições para a preservação da música e do teatro tradicionais e instituições monásticas. Atualmente, sob a sua liderança, os tibetanos são um dos grupos de refugiados mais bem estabelecidos que o mundo já viu.


Livros:
A prática da benevolência e da compaixão
Textos:
Benevolência e Compaixão
A transformação através do altruísmo
A Ciência e a Mente
Introdução ao Budismo Tibetano



Fonte: https://ligmincha.com.br/quem-somos/51-linhagem/66-gtwr