SEMPRE ZEN


SEMPRE ZEN – Como introduzir a Prática do Zen em seu dia a dia

de Charlotte Joko Beck


Editora Saraiva

A maior parte dos ensinamentos zen deriva de uma tradição monástica bastante afastada do mundo comum, do amor romântico e sexual, da vida familiar e doméstica, das ocupações e carreiras profissionais.

Poucos estudiosos ocidentais do zen vivem isolados em comunidades monásticas tradicionais e os demais interessados preocupam-se com as mesmas coisas que os outros: criar ou encerrar um relacionamento, trocar fraldas, negociar uma dívida, buscar uma promoção no emprego, aplicar corretamente o dinheiro para não ter perdas. Para essas pessoas, a prática zen parece algo distante, inaplicável em nossa sociedade.

Para que o zen se integre à cultura ocidental, ele precisa de uma linguagem ocidental, essa é a tese de Charlotte Joko Beck. Junto com seus discípulos, ela vem desenvolvendo um zen que, embora rigoroso e disciplinado, está adaptado a temperamentos e modos de vida do ocidente contemporâneo.

Em Sempre zen, Joko Beck mostra que existe uma outra forma de prática zen que implica “trabalhar com todas as coisas”, que inclui as emoções, os pensamentos, as sensações e os sentimentos. Em vez de afastá-los ou mantê-los à distância, ela propõe às pessoas se abrirem para tais vivências. Seu objetivo é torná-las mais conscientes e despertas para o que está ocorrendo “dentro” e “fora”, em cada momento.

Sempre zen é o resultado do trabalho em cima das relações humanas comuns, do destrinchar de dilemas relativos aos assuntos profissionais e às ambições materiais, e de como trazer o zen para o amor e o trabalho.

Sempre zen é um livro extraordinário para as pessoas comuns. Fala de questões primordiais com uma simplicidade ímpar. Ensina-nos a vivermos despertos em nosso dia-a-dia e lembra-nos com clareza que a prática e a iluminação estão bem aqui, à nossa frente.


Charlotte Joko Beck

CAPÍTULO 1 – INÍCIO
Iniciando a prática Zen
Dúvidas sobre a prática do zen
Praticando o momento presente
Autoridade
O ponto de estrangulamento do medo
CAPÍTULO 2 – PRÁTICA
O que a prática não é
O que é a prática
O fogo da atenção
O esforço para viver experiências de iluminação
O preço da prática
A recompensa da prática
CAPÍTULO 3 – SENTIMENTOS
Um continente maior
Abrindo a caixa de Pandora
Não fique com raiva
Tirando dúvidas
Falso Medo
Sem esperança
Amor
CAPÍTULO 4 – RELACIONAMENTOS
A busca
Praticando nas relações
Vivenciar e comportamento
Relacionamentos não funcionam
O relacionamento não é um com o outro
CAPÍTULO 5 – SOFRIMENTO
Sofrimento verdadeiro e sofrimento falso
Renúncia
Está certo
Tragédia
O eu observador
CAPÍTULO 6 – IDEAIS
Correndo no lugar
Aspiração e expectativa
Enxergando além da sobrestrutura
Prisioneiros do medo
Grandes expectativas
CAPÍTULO 7 – LIMITES
O fio da lâmina
Nova Jersey não existe
Religião
Iluminação
CAPÍTULO 8 – ESCOLHAS
Dos problemas as soluções
Ponto de mutação
Fechar a porta
Compromisso
CAPÍTULO 9 – SERVIÇO
Seja feita a vossa vontade
Sem trocas
A parábola de Mushin

Print Friendly, PDF & Email