Yoka Daishi



Yoka Daishi (665-713)
Yongjia Xuanjue (Yung-chia Hsuan-chueh, Yoka Genkaku)


Referências
Por Deshimaru
Por Kapleau
Livro
Textos
Linhagem


Referências3
Zheng Daoge (Cheng Tao Ko, Sho Doka) foi traduzido como a Canção de Liberação por Yasuda Joshu roshi e Anzan Hoshin sensei, Tesouro de Luminosidade: Ensinos dos Mestres Soto Zen, Arquivos WWZC.
Ele aparece em Eihei Gen zenji goroku 3.


A vida de Yoka Daishi1
Por Taisen Deshimaru

Yoka nasceu em 665, na aldeia de Yoka, de onde vem o seu nome. Tornou-se monge com a idade de vinte anos e deixou sua casa com o objetivo de estudar o budismo em todas as suas formas, bem como os pensamentos de Lao-Tzu e Confúcio. Mas os estudos não o satisfaziam e a dúvida persistia. Um de seus amigos sugeriu que se apresentasse ao Mestre Eno (Houei-Neng, em chinês), o sexto patriarca, no monte Sokei, para compreender a verdadeira essência da filosofia do budismo.

Depois de uma longa viagem, Yoka chegou ao templo do monte Sokei e apresentou-se ao patriarca com roupa de viajante. Ele deu três voltas ao redor do Mestre e ficou de pé, sem saudá-lo.

Eno: “O monge deve personificar exatamente os 3.000 preceitos, as 8.000 ações e os 3.000 comportamentos. O que o senhor me diz de tudo isso?”
Yoka: “Eu não tenho tempo a perder; o problema da vida e da morte é muito importante. Nossa vida é efémera. impermanente (mulo) e sempre em mutação.”
Eno: “Por que o senhor não realiza o princípio do ‘não-nascimento’ para resolver o problema da impermanéncia da vida?”
Yoka: “Quando se realiza o ‘não-nascimento’, e se compreende o aqui e agora, abruptamente (ton), nada mais resta.”
Eno:“É isso,é isso.”
Todos os que estavam assistindo a esse mondo ficaram surpresos e impressionados.
Yoka fez as saudações de despedida ao Mestre Eno. Este lhe disse: “Mas o senhor vai-se embora muito rápido!”
Yoka: “Como se pode ter rapidez, se o movimento não existe na origem?”
Eno: “Se tudo é movimento ou não-movimento, isto é um problema de consciência.”
Yoka: “Obrigado; compreendi o que significa o ‘não-nascimento’.”
Eno: “Não existe significação mesmo no não-nascimento’.”
Yoka: “Se não existe significação, também não existe ninguém para compreender”.
Eno: “Compreender também não tem significação.”

Eno deu o shiho (a transmissão) a Yoka, que permaneceu ainda uma noite junto dele; por isso, escreveu-se de Yoka que ele foi o “monge que ficou só uma noite”, o que significa que teve o satori numa única noite. No dia seguinte, ele se despediu de seu Mestre e se instalou numa cidade de Honko, pois não queria causar incómodo aos grandes discípulos de Eno: Seigen, que fundou o Soto Zen, e Nengaku, que deu origem ao Zen Rinzai. Em Honko, ele teve numerosos e eminentes discípulos, mas sua linhagem não continuou até os nossos dias.

Seu livro, o Shodoka, nos ilumina ainda hoje e nos esclarece mais que a religião tradicional.

Yoka morreu em 17 de outubro de 713, na postura zazen. Dizem que seu corpo foi embalsamado nessa postura. Depois de sua morte, o imperador lhe deu o nome de Muso, “O Incomparável”, Daíshi, “Grande Mestre”. O Shodoka, por seu frescor e sua força, contém a essência de todos os sutras e do Zen. Eu o prefiro aos outros textos tradicionais.


Por Philip Kapleau2
Yoka Gengaku (Ch., Yung-chia; ?-712): importante mestre Zen do período T’ang e discípulo do sexto Patriarca. Seu Shodoka (Canto da Iluminação) é um escrito popular Zen.


Livro
Shodoka – O canto do sartori imediato


Textos
Shodoka – O canto do sartori imediato


    Fontes:

  1. “Shodoka – O canto do satori imediato” de Yoka Daïshi (Tradução de Taizen Deshimaru)
  2. “Os três pilares do Zen” de Philip Kapleau
  3. “Ensinos do Mestre Zen Anzan Roshi”(texto compilado pelo Ven. Jinmyo Fleming ino e traduzido ao Português por Claudio Miklos.

Linhagem desde Saquiamuni

    ÍNDIA

  1. MAKAKASHO
  2. ANANDA
  3. SHONAWASHU
  4. UBAGIKUTA
  5. DAITAKA
  6. MISHAKA
  7. BASHUMITSU
  8. BUTSUDANANDAI
  9. FUDAMITA
  10. BARISHIBA
  11. FUNAYASHYA
  12. ANABOTEI
  13. KABIMORA
  14. NAGYAHARAJUNA
  15. KANADAIBA
  16. RAGORATA
  17. SOGYANANDAI
  18. KAYSHATA
  19. KUMORATA
  20. SHAYATA
  21. BASHUBANZU
  22. MANURA
  23. KAKUROKUNA
  24. SHSISHIBODAI
  25. BASHASHITA
  26. FUNYOMITA
  27. HANNYATARA
    CHINA

  1. BODAIDARUMA
  2. TAISO EKA
  3. KANCHI SOSAN
  4. DAII DOSHIN
  5. DAIMAN KONIN
  6. DAIKAN ENO
  7. YOKA GENKAKU