Horin Daigyo



Horin Daigyo (1938-2011)
Moriyama roshi

Biografia
Livros
Textos
Entrevistas
Linhagem

Biografia1

Nasceu em Março de 1938, no extremo norte do Japão, conhecido como ilha de Sakhaline – ocupada depoisa da guerra pelos soviéticos.
Aos 22 anos,conclui seus estudos de filosofia em Tokyo, e reencontra seu mestre Hakusan Kojun Roshi.

Ele começa a praticar o zazen, e impressiona pela dignidade ecompaixão viva de um Roshi. Decide tornar-se monge.

É ordenado com a idade de 24 anos e passa um ano em Eihei-ji, templo fundado por Meste Dogen. Durante 5 anos em Soji-ji, um templo fundado por mestre Keizan Jokin, ele realiza a prática monástica, e inicia um curso especial para transformar-se em professor do Dharma.

Ele recebe a transmissão de seu Mestre, Hakusan Kojun Roshi.

Seu mestre o envia para seu irmão do Dharma, Niwa Roshi para completar sua formação. Ele ficará 2 anos na seção de Tokyo do Eihei-ji. Niwa Roshi lhe pede então para ir à São Francisco, na Califórnia, USA, retomar o templo precedentemente dirigido por Suzuki Roshi (este havia se retirado deste templo para fundar o Zen Center. Esse seria o primeiro encontro de Roshi Moryama com o ocidente – o São Francisco do fim dos anos 60! Grande choque, e grande admiração pela força da prática dos ocidentais.

Após 3 anos, Moryama Roshi volta ao Japão, junto a Niwa Roshi, nesse momento ele é professor, depois Ino (Mestre professor de monges). Depois de 6 anos ele recebe oo título de Shike (Mestre de monastério). Ajudado por seus mestres ele funda o Zuigakuin nas montanhas japonesas.

Zagakuim é um pequeno templo, consagrado à prática tal como ela é exposta por mestre Eihei Dôgen: meditação (Zazen) e trabalho (Samu) – a prática inclui também Takahatsu (pedir esmolas), reatando assim com a tradição budista dos monges mendicantes e pobres – a outra fonte de renda é somente doações feitas pelos pelos visitantes e discípulos.

Pouco conforto – nada de eletricidade, nem telefone, pouco aquecimento – mas rico de Dhrama, e aberto à todos: japoneses e estranjeiros, homens e mulheres, o único que conta é o desejo de praticar e seguir o caminho dos Patriarcas; uma vida simples, preciosa, umma prática rara no Japão atual, é o dom de Mestre Moryama à todos os discípulos. O templo foi aberto em 1978, o zendo terminou em 1980.

Em 1992, Roshi Niwa pede a Moryama para partir, desta vez para a América do Sul. Mestre Moryama foi nomeado Sokan (responsável nacional). Ele mora em São paulo, cidade de emigração de numerosos japoneses após-guerra. Ele reconstrói o templo da comunidade, e cria grupos de Zazen para brasileiros, em São Paulo e em outras cidades brasileiras. Sua discípula Joshin Sensei começará grupos de zazen na Argentina, no Uruguai e no Chile. Mas desejoso de seguir a vida simples de monge, Meste Moryama quando tudo está em ordem se demite e volta a Zuigakuin, onde continua a acolher visitantes e praticantes até o início do ano 2000 quando parte para Porto Alegre no Brasil, para dirigir um novo templo. Em sua ausência, Zuigakuin não ceita mais os visitantes estrangeiros e as pessoas interessadas podem dirigir-se à “Demeure Sans Limites”, aí onde prosegue seu Dharma, através de sua sucessora Joshin Sensei.

Moryama tem ministrado ensinamentos tanto para monges quanto para discípulos leigos, por mais de 30 anos. Desde o início, sempre teve especial interesse em acessar a prática do Zen para pessoas que nao tem experiencia anterior no Budismo.

Em 26 de fevereiro de 1998 Roshi Moriyama concedia uma entrevista para Revista Bodigaya em que declarava “eu tenho um novo projeto. O Grupo VIAZEN vai iniciar a construção de um Centro de Treinamento Zen nas montanhas”.

Em fevereiro de 2000, mudou-se para Porto Alegre e conforme declaração sua para Revista Bodigaya, quando anunciou a construção do Mosteiro Zen Internacional Dogen Zenji, ele veio par ficar. “Vim morrer no Brasil”.
Dados pessoais:

1970-73 – Monge Superior do Soko-ji Zen Temple, em San Francisco, USA
1978 – Fundaçao do Zuigakuin International Zen Temple, próximo a Tokyo, Japao
1992 – Fundaçao do Hokai-ji International Zen Temple, em St.Agreve, França
1993-96 – Monge Superior do Templo Bushin-ji, em São Paulo, Brasil. Nessa ocasião, teve seu primeiro contato e visita à ViaZen, em Porto Alegre.
Fevereiro de 2000 – Muda-se para Porto Alegre, Brasil.


Livros
Primeiros passos no zen

Textos
Seis Palestras do Dharma

Entrevistas
O Zen oferece a paz



Linhagem de Ungo Dooyoo(desde Sakiamuni Buda)

    ÍNDIA

  1. MAKAKASHO
  2. ANANDA
  3. SHONAWASHU
  4. UBAGIKUTA
  5. DAITAKA
  6. MISHAKA
  7. BASHUMITSU
  8. BUTSUDANANDAI
  9. FUDAMITA
  10. BARISHIBA
  11. FUNAYASHYA
  12. ANABOTEI
  13. KABIMORA
  14. NAGYAHARAJUNA
  15. KANADAIBA
  16. RAGORATA
  17. SOGYANANDAI
  18. KAYSHATA
  19. KUMORATA
  20. SHAYATA
  21. BASHUBANZU
  22. MANURA
  23. KAKUROKUNA
  24. SHSISHIBODAI
  25. BASHASHITA
  26. FUNYOMITA
  27. HANNYATARA
    CHINA

  1. BODAIDARUMA
  2. TAISO EKA
  3. KANCHI SOSAN
  4. DAII DOSHIN
  5. DAIMAN KONIN
  6. DAIKAN ENO
  7. SEIGEN GYOSHI
  8. SEKITO KISEN
  9. YAKUSAN IGEN
  10. UNGAN DONJO
  11. TOZAN RYOKAI
  12. UNGO DOYO
  13. DOAN DOHI
  14. DOAN KANSHI
  15. RYOSAN ENKAN
  16. TAIYO KIYOGEN
  17. TOSHI GISEI
  18. FUYO DOKAI
  19. TANKA SHIJUN
  20. CHORO SEIRIYO
  21. TENDO SOKAKU
  22. SECCHO CHIKAN
  23. TENDO NYOJO
    JAPÃO

  1. EIHEI DOGEN
  2. KOUN EJO
  3. TETSU GIKAI
  4. KEIZAN JOKIN
  5. GASAN JOSEKI
  6. TAIGEN SÔSHIN
  7. BAISAN MOMPON
  8. JOCHU TENGIN
  9. KIZAN SHOOSAN
  10. MORIN SHINHAN
  11. SOOSHI SHOOTAI
  12. KENCHU HANTETSU
  13. ZAITEN SORYU
  14. RIKUSAN SOGEI
  15. GYOKUSO SOZUI
  16. TEN-YU SOSEI
  17. CHOO-OKU JUKEI
  18. HOOKOKU JUKIN
  19. NENSHU DONJU
  20. IKOKU EITEKI
  21. GIKOKU SENSHUKU
  22. RANRYU JOSHU
  23. KASHU SHOOKEI
  24. SHINRYOO KYUUTETSU
  25. KAKUHOO SHUEN
  26. KAKUIN ERYOO
  27. KAKUTAN INSHUU
  28. HOOZAN SHUUKYOO
  29. REIZAN RYOOCHIN
  30. SHUUZAN TAION
  31. SHOOUN TAIZUI
  32. KANZAN TAIOO
  33. NYOSAN MOKUZEN
  34. CHUUZAN NINKOO
  35. HAKUSAN KOOJUN
  36. HORIN DAIGYO


Print Friendly, PDF & Email